Rádios On-line
VIAGEM DE SABORES

Conceição dos Bugres e a mandioca

Mostra individual dá início ao biênio dedicado às historias brasileiras no MASP

18 JUN 2021 - 14h:30Por Paulo Machado/Ingrid Rocha

A mostra individual “Conceição dos Bugres: tudo é da natureza do mundo” dá início ao biênio dedicado às historias brasileiras no Museu de Arte de São Paulo-MASP. A artista, gaúcha de nascimento, tomou Mato Grosso do Sul como seu e sua obra passou a ser um importante ícone da cultura local. 

Pra quem é aqui do estado basta lembrar daquelas simpáticas esculturas de tamanhos diferentes que retratam um homenzinho de cor amarela e cabelos, olhos e boca de cor preta. E se você não está se lembrando, ou não conhece, vale a pena pesquisar no Google: Conceição dos Bugres. 

Até agora você deve estar se perguntando? Tá bem, e o que estas esculturas tem a ver com sabores? Muito bem, guarde a curiosidade para o final da coluna. 

Continuo. Mais de 100 obras de diferentes períodos e materiais estão em exibição até o final de janeiro de 2022. A curadoria dessa exposição é de Amanda Carneiro e Fernando Oliva; o livro conta com uma biografia de Isabela Banducci Amizo, uma entrevista histórica da artista com a crítica Aline Figueiredo que foi, junto a Humberto Espíndola, a primeira a reconhecer o talento da escultora, além de outros textos.
Esta é uma oportunidade única de ver tantas obras da Conceição reunidas de uma só vez!

Agradeço demais ao colecionador de Artes e querido primo Edmar Neto que me guiou pela exposição e me explicou sobre a sua participação ativa na montagem da mostra que conta apenas com peças da artista que estão em São Paulo. Boa parte das obras são do acervo pessoal do Edmar, que as garimpou em vários lugares do globo ao longo de anos.

Bem, e pra finalizar adorei saber que as primeiras esculturas da Conceição, que começou seu trabalho artístico depois dos 50 anos, eram feitas em raizes de mandioca e pintadas com cera de abelha. Taí um resultado que nos remete a uma viagem de sabores, ou menos de ingredientes não é mesmo?

Apure os sentidos e bom apetite!

Confira a coluna:


Deixe seu Comentário