Rádios On-line
16577
DIA NACIONAL DO FUTEBOL

Conheça a história de dois apaixonados pelo esporte

Com 9 anos de idade, Analis quer jogar igual a camisa 10 da seleção, Marta

19 JUL 2019 - 16h:00Por Isabelly Melo

Dia 14 de julho marca o dia nacional do futebol. A data foi escolhida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em 1976, para homenagear o Sport Clube Rio Grande, primeiro time registrado como clube de futebol no Brasil, fundado em 19 de julho de 1900.

A modalidade esportiva inglesa conquistou os brasileiros de tal forma, que muitos acreditam que o esporte nasceu em solos brasileiros, que é conhecido mundo afora como o “país do futebol”. O futebol nasceu na Inglaterra em 1863, e chegou no Brasil somente 31 anos depois, em 1894, pelos pés de Charles Miller, considerado o pai do futebol no Brasil. No início o futebol era considerado um esporte de elite; negros, imigrantes e mulheres não tinham acesso fácil a modalidade, e quando conseguiam, sofriam preconceito. Com o passar do tempo a situação foi mudando, o futebol foi se popularizando e hoje já faz parte do DNA brasileiro.

Em ano de Copa do Mundo Feminina, a luta pelo espaço das mulheres no esporte se fortaleceu e chamou a atenção dos brasileiros. Após sete edições da competição, 2019 marcou o primeiro ano da transmissão de jogos em TV aberta. A representatividade aumentou a procura por aulas de futebol/futsal para mulheres em várias cidades do país, e em Campo Grande, a pequena Analis Campos Camacho de Andrade, de 9 anos, foi uma delas.

Analis já gostava da modalidade, e ao assistir os jogos da Copa despertou a vontade de entrar em uma escolinha de futsal “eu acho o futebol um esporte muito divertido, e que ensina a ter espírito de equipe”. A estudante da 5ª série se inspira na camisa 10 da seleção brasileira, e seis vezes eleita a melhor do mundo, Marta.

E o sonho da pequena Analis, de ser uma grande jogadora, já é realidade para o também campo-grandense Hugo Domingos Gomes. O jogador de 24 anos já passou pelo São Paulo, e do time tricolor paulista foi para o clube português F. C. Famalicão, onde atua como zagueiro. Desde 2018 em solos portugueses, Hugo marcou a história do Famalicão ao fazer parte da equipe que conseguiu levar o time para a 1ª Liga, o mais alto escalão do futebol português.

Hugo concedeu entrevista a Rádio CBN, para falar sobre o início da carreira, a paixão pelo futebol e os planos para o futuro. Confira o bate-papo com o camisa 25 do Famalicão.

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos