Rádios On-line
BANCADA

Evangélicos criticam Trad após guarda encerrar culto

O culto religiosos teria sido fechado com guarda armada e giroflex

4 JUL 2020 - 12h:15Por Gabi Couto

Na última segunda-feira (29), a Guarda Civil Metropolitana de Campo Grande encerrou um culto religioso às 21h. A ação respaldada por um decreto antigo fez com que as bancadas evangélicas da Câmara Municipal e da Assembleia Legislativa, questionassem a administração do prefeito Marquinhos Trad (PSD) durante a semana.

O vereador Papy (SD) afirmou que os fiéis da Igreja Aliançados foram cerceados de sua liberdade religiosa, o que é perigoso. “O prefeito precisa ser assessorado e reeditar o decreto do funcionamento das igrejas já que não tem relação a horário e sim quantidade de pessoas na igreja. O culto foi fechado com a guarda armada e giroflex.” Para o deputado estadual Herculano Borges (SD) a falta de comunicação do Executivo Municipal proporcionou uma ação que violou a liberdade de culto na capital. “Guardas de posse do decreto antigo impediram pessoas fragilizadas neste período de pandemia, de realizar culto”.  

Já o deputado João Henrique Catan (PL) fez questão de ressaltar que a ação é reflexo das decisões inconstantes de Trad. “Campo Grande é uma publicação e revogação de decretos que nós que somos legisladores não sabemos mais o que está valendo, imagina quem está executando”.

Deixe seu Comentário

Maílson interno

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos