Rádios On-line
INVESTIGAÇÃO

Ex-comandante da PM e sargento são presos na 2ª fase da ‘Operação Oiketicus’

1 NOV 2018 - 16h:10Por Ronie Cruz/CBN

Um tenente coronel e um sargento foram presos nesta quinta-feira (1º) em Campo Grande na 2ª fase da ‘Operação Oiketicus’ deflagrada pelo Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão.

A ação de hoje é uma continuidade das investigações referente ao envolvimento de policiais militares na facilitação do contrabando de cigarros.

‘Operação’
Na primeira fase da Operação Oiketicus deflagrada em maio deste ano, o Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MP-MS), por meio do Gaeco e da Corregedoria da Polícia Militar (PM), cumpriu 20 mandados de prisão preventiva, 1 mandado de prisão temporária e 45 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo juízo da auditoria militar.

O objetivo foi desmantelar uma organização criminosa formada por PM’s envolvidos diretamente na facilitação do contrabando de cigarros.

Essa primeira parte da operação envolveu cerca de 125 policiais militares e 9 promotores de justiça. Foram cumpridos mandados em residências e locais de trabalhos de todos os investigados distribuídos em Campo Grande, Dourados, Jardim, Bela Vista, Bonito, Naviraí, Maracaju, Três Lagoas, Brasilândia, Mundo Novo, Nova Andradina, Boqueirão, Japorã, Guia Lopes, Ponta Porã E Corumbá.

‘Oiketicus’
O nome Oiketicus faz alusão às lagartas desta espécie que constroem uma estrutura de proteção com seda e fragmentos vegetais, com o formato semelhante a um “cigarro” alongado. O“cigarro” vai sendo ampliado de acordo com o crescimento do inseto.

Deixe seu Comentário