Rádios On-line
EDUCAÇÃO

Fetems já fala em judicializar lei que ainda está tramitando

Projeto do Executivo deve entrar em votação nesta quinta-feira

10 JUL 2019 - 13h:27Por Gabi Couto / CBN

Depois de de muito tumulto e confusão o projeto de lei do Executivo que altera o Estatuto dos Profissionais da Educação Básica de Mato Grosso do Sul foi aprovado por 18 a 4 e segue para segunda discussão e votação na Assembleia Legislativa. A expectativa é que o texto volte a tramitar nesta quinta-feira (11) já que o governo do Estado tem pressa em aprovar a matéria visando garantir economia com o pagamento dos salários dos professores da Rede Estadual de Ensino (REE) no segundo semestre.

A Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems) já anunciou que vai judicializar a lei assim que for publicada. O presidente da entidade, Jaime Teixeira, questiona o fato do governo do Estado diferenciar o pagamento dos professores concursados dos convocados. Ele afirma que o Executivo estará depreciando a escola pública. 

Das 16 emendas apresentadas pelos deputados, apenas seis foram aprovadas. A categoria precisa que outros três deputados estaduais mudem o voto para não aprovar o projeto. Votaram contra até o momento Pedro Kemp (PT), Cabo Almi (PT), Capitão Contar (PSL) e Rinaldo Modesto (PSDB). 

Os servidores que lotaram a Casa de Leis tentaram entrar na sessão que estava com a capacidade máxima lotada e houve empurra empurra com os seguranças do Legislativo durante a votação. 

 

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos