Rádios On-line
CBN ENTREVISTA

"Inovações disruptivas melhoram o futuro," afirma economista

Entender o chamado "novo normal" vai além do uso de ferramentas tecnológicas e empresas precisam se adaptar aos nichos

20 OUT 2020 - 13h:15Por Thais Cintra/Isabelly Melo

Empresários de diversos ramos de atuação estão mudando a maneira de empreender e gestar, devido à pandemia do coronavírus. A liderança para tentar entender a equipe e as transformações digitais, são cada vez mais utilizadas através das redes sociais e plataformas online. Porém, é necessário conhecer os nichos e segmentos que mais se identificam com as características das empresas.

A Rádio CBN Campo Grande recebeu nesta terça-feira (20), o doutor em economia, pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), Michel Constantino, que trouxe orientações sobre o atual cenário pandêmico e ilustrou a crise como uma oportunidade para as empresas se modernizarem.

"O comportamento dos clientes mudou ao longo dos meses e isso trouxe um crescimento para muitos setores, tanto que as empresas que não partiram para a tecnologia tiveram dificuldade em se adequar à era digital", explicou.

Segundo Constantino, toda vez que surge uma crise, as empresas e toda a população mudam o comportamento. Ele afirma que mercado tradicional já vinha mudando com o avanço tecnológico e com a pandemia teve que mudar de vez para atender o perfil do novo consumidor.

"As grandes redes varejistas não deixam de atender os clientes presencialmente, e sim, e se adaptam ao digital. A questão é ter essa flexibilidade para oferecer o atendimento mais adequado para cada necessidade. É importante destacar que, as oportunidades aumentaram também, para aqueles que conseguem entender esses desafios e transformar em solução e valor para os clientes”, completa. Confira:

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos