Rádios On-line
7926
Banner Colunistas
ESPORTE

Judoca sul-mato-grossense é a número um no ranking brasileiro

A atleta participa do Brasileiro Sub 21 neste final de semana

16 MAI 2018 - 18h:11Por Isabelly Melo

Neste final de semana 19 atletas sul-mato-grossenses irão representar o estado no campeonato brasileiro de judô sub 21. A competição acontecerá na cidade de Lauro de Freitas, litoral norte da Bahia. As disputas acontecerão no sábado e domingo.

Camila precisa de apoio para continuar treinando no Estado (Foto: Arquivo pessoal)

Camila Ponce é uma das representantes do Estado. A judoca faturou a medalha de prata no início deste mês do campeonato brasileiro interclubes, sub-21, em belo horizonte. Camila tem 20 anos e desde os 10 pratica o esporte. Atual número um no ranking brasileiro de judô, a sul-mato-grossense luta não só no tatame, mas também no dia-a-dia.

A judoca sofre com uma doença chamada celíaca, impedindo que Camila coma alimentos com glúten. A doença tem um custo alto, pois os remédios da atleta precisam ser manipulados e os pais precisam apertar o orçamento para continuar o tratamento da filha, que já teve que parar os treinos por conta da doença.

Segundo a mãe da judoca, Dulce Ponce, durante a voo para uma competição na Alemanha a atleta teve que ficar mais de 10 horas sem comer, só tomando água, pois não havia alimentação específica para Camila. "Ela chega na competição, paga um hotel carrísimo, e não pode comer, porque tem que ter uma alimentação diferente e não tem dinheiro para pagar".

Além do salário do pai, a atleta conta com o auxílio do governo, que disponibilizou uma das 190 bolsas – entre atletas e técnicos – que foram liberadas neste ano. O auxílio dura apenas um ano, no valor de R$800,00 por mês. Porém, a mãe de Camila revelou que o valor ainda não foi depositado. As bolsas foram entregues no dia 25 de abril.

Para continuar representando o Estado a judoca precisa de patrocínio, pois os custos com remédios, treinos, quimonos e outros são altos. Camila está com quatro espaços vazios no quimono, e precisa do apoio de empresários da capital e do Estado, pois sem patrocínio, a atleta pensa até mesmo em sair de Mato Grosso do Sul para treinar e representar outro Estado.

A judoca tem grandes chances de disputar as olimpíadas e levantar a bandeira de Mato Grosso do Sul, junto com a do Brasil, no topo do pódio. Para tanto, conta com o apoio através de patrocínio. Para patrocinar a judoca é só entrar em contato através do número (67) 99252-7525 ou (67) 3391-7776.

Lute junto com Camila! Apoie o esporte sul-mato-grossense.

Carta de solicitação de patrocínio expedida pela Federação de Judô de Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Rádio CBN Campo Grande

Ver Todos os Vídeos
7300