Rádios On-line
EMPREENDIMENTO

Lançamentos imobiliários crescem até 30% no segundo semestre de 2020

Câmara brasileira da indústria indica aquecimento nas vendas para reta final do ano

29 OUT 2020 - 13h:10Por Thais Cintra/ CBN

Nos últimos sete meses o mercado imobiliário em todo o Brasil vem sofrendo com os impactos econômicos devido à pandemia. Mesmo com setor retraído, houve aumento na demanda da construção civil, conforme a Câmara Brasileira da Indústria e Construção (CBIC). Segundo o órgão, até o final deste ano, as vendas de imóveis em todo o país terão alta expressiva.

Ainda segundo a entidade, a indústria da construção segue em ritmo de retomada, com avanço da atividade, do emprego e da utilização da capacidade. A confiança dos empresários da construção se estabilizou em outubro, após uma série de altas que ocorria desde maio. O cenário mudou o comportamento dos clientes, que buscam novas opções de moradia, agregadas ao conforto, praticidade e valor.

Em entrevista à Rádio CBN Campo Grande nesta quinta-feira (29), o diretor regional da Construtora Saraiva de Rezende, Dijan de Barros, exemplificou que 97% das pessoas que fizeram home office, aprovaram o sistema de trabalho, consequência das mudanças no setor. “Temos que estar atentos ao modelo de comportamento do consumidor, ouvir o cliente é fundamental, pois ele está mudando as necessidades o tempo todo”, ressaltou.

De Barros explicou que a construtora, percebendo a falta de opções no mercado em Mato Grosso do Sul, buscou novas maneiras de gerir negócios, inclusive se alinhando com novas tendências. “Hoje o cliente busca qualidade de vida e pergunta até sobre o valor do condomínio. A modernidade muda todos os dias e as empresas tem que estar antenadas no custo que o empreendimento vai gerar”, afirmou. Confira:

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos