Rádios On-line
KICK OFF DO LABMAKER

Living Lab ganha novos equipamentos para inovar serviços

Espaço conta agora com impressora 3D, cortadora, fresadora e mais

4 DEZ 2020 - 16h:36Por Isabelly Melo

O Sebrae/MS e o Living Lab inauguraram na manhã desta sexta-feira (04), o Kick Off do LabMaker, um laboratório equipado com diversas ferramentas que possibilitam a prototipagem técnica para inovação e invenção. São equipamentos de costura, modelagem, impressoras 3D, fresadora, cortadora, eletrônica e plotter.

Robô que será utilizada no atendimento do público.  Foto: Isabelly Melo

A abertura contou com a presença de autoridades como o secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica e conselheiro do Sebrae/MS, Eduardo Riedel, que destacou o ambiente construído no Living Lab para o fomento da inovação tecnológica dentro do Estado “Para fazer com que cada vez mais o Mato Grosso do Sul tenha um ambiente extremamente amigo e facilitador dos negócios. Do pequeno, médio, grande, enfim, todos os tamanhos de negócios”, ressaltou Riedel.

O secretário abordou ainda a importância de espaços com estimulo a criação e desenvolvimento de tecnologia acessível e inovadora, para a mudança do sistema público que, segundo Eduardo Riedel, ainda é arcaico “Cada vez mais a gente tem que romper com esse paradigma, para poder aumentar ainda mais a competitividade em relação aos serviços que estamos oferecendo a população”, fechou o secretário.

Durante o evento, muito se falou sobre a importância de impulsionar o setor tecnológico e criativo do Estado como forma de alavancar a economia e o setor empresarial do Estado, trazendo investimento e interesse externo, nacional e internacional, para Mato Grosso do Sul.

Impressora 3D pronta para utilização no LabMaker.  Foto: Isabelly Melo

Segundo o membro da Rede Fab Lab Brasil, André Guerreiro, o Kick Off do LabMaker é o primeiro passo rumo ao futuro tecnológico do Estado, “Mato Grosso do Sul vai ter um dos laboratórios mais modernos e bonitos do mundo. E eu tenho uma imensa honra de fazer parte desse projeto”, afirmou Guerreiro.

A ideia do Kick Off do LabMaker é impulsionar ideias e pessoas criativas, que buscam meios para tornar reais projetos inovadores. Para isso, o Living Lab conta com um setup completo de máquinas, tornando possível construir um protótipo em poucas horas, com baixo custo.

Com grandes ambições, o espaço pode se tornar referência nacional e mundial na prototipagem, de acordo com André Guerreiro, “Não importa em que lugar de Mato Grosso do Sul, do Brasil ou do mundo você esteja, o LabMaker vai fazer parte de uma rede mundial. Você manda o projeto para cá e ele poderá ser prototipado em horas. Em breve vocês farão parte da rede brasileira e mundial de FabLabs”, finalizou André.

O membro da Rede Fab Lab Brasil revelou que nos próximos cinco anos está previsto um investimento de R$35 bilhões no Brasil, o que exige desenvolvedores de hardwares para diversos setores, como o agronegócio, comércio, indústria e outros, potencializando a importância de laboratórios como o do Living Lab.  

O diretor superintende do Sebrae/MS, Claudio Mendonça, destacou a abertura do LabMaker aos empreendedores que, além do já conhecido Living Lab, poderão contar agora com mais ferramentas no desenvolvimento de projetos inovadores.

Ferramentas e equipamentos próprios disponíveis para a criação de novos projetos 

De acordo com dados do Sebrae/MS, de junho de 2016 a novembro de 2020, mais de 23 mil pessoas participaram das atividades no Living Lab MS, chegando a 1.389 novas ideias atendidas pela equipe do Sebrae. Nesse período, 691 Startups foram acompanhadas, e destas, 39 foram aceleradas, ou seja, estão prontas para entrar em atividade. “Nós tivemos startups aqui que tiveram aporte de capital de cinco, de 10 milhões de reais, quer dizer, já tem resultado a ser entregue. Efetividade” destacou Mendonça.

Para atender a demanda, que deve aumentar com o LabMaker, o Sebrae/MS expandirá a estrutura física do Living Lab, com mais de 1 mil m² de terreno. “Já adquirimos o terreno ao lado do Living Lab, para que nós possamos ter a participação deste espaço com as pessoas que nós vamos construir”, explicou o diretor superintendente.

Enquanto a construção é concluída, a ideia é dedicar o espaço, onde estão os tapumes, para a exposição dos trabalhos makers. O objetivo é iniciar , desse já, o envolvimento entre o Lab e a comunidade externa.

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos