Rádios On-line
VIOLÊNCIA

Mais de dois terços dos feminicídios em MS aconteceram dentro de casa

Mapa do Feminicídio ainda mostra que 56,6% das mulheres foram mortas por companheiros

1 JUN 2020 - 18h:05Por Marcus Moura/ CBN

Mais de dois terços (77%) dos feminicídios cometidos em Mato Grosso do Sul aconteceram dentro das casas das vítimas, segundo dados da 1° primeira edição do “Mapa do Feminicídio de Mato Grosso do Sul: um mapeamento dessas mortes violentas ocorridas em Mato Grosso do Sul no ano de 2019”.

O levantamento é uma parceria da Delegacia-Geral da Polícia Civil com a Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres e tem como objetivo nortear a elaboração de políticas públicas de enfrentamento à violência.

Ainda de acordo com o estudo, 56,66% das mulheres foram mortas por homens com quem conviviam e tinham relacionamento afetivo e em 40% dos casos o motivo foi a não aceitação do término do relacionamento. Já em o motivo alegado foi ciúmes – o que denota sentimento de posse sobre a vítima. Cerca de 37% dos casos, armas brancas foram o meio que os autores utilizaram para matar as vítimas.

“É preciso nominar, quantificar e qualificar a investigação e o julgamento dos crimes de feminicídios para a formulação de políticas públicas baseadas em evidências concretas, em estatísticas de cada município, de cada região. É isso o que pretendemos com o diagnóstico alcançado no “Mapa do Feminicídio MS”: aprimorar e fortalecer as políticas públicas de enfrentamento à violência contra mulheres, para prevenir e erradicar os feminicídios em Mato Grosso do Sul”, explica a subsecretária Luciana Azambuja. (Com assessoria)

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos