Rádios On-line
16699
SAúDE

Mandetta anuncia nova forma de combate à dengue

Campo Grande foi uma das três cidades escolhidas para realizar a etapa final do método Wolbachia para o combate ao Aedes

21 ABR 2019 - 11h:00Por Luis Vilela

Campo Grande foi uma das três cidades escolhidas para realizar a etapa final do método Wolbachia para o combate ao mosquito Aedes aegypti, antes da incorporação ao SUS (Sistema Único de Saúde). Nesta semana o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, anunciou o método que será implantado no próximo semestre.

“O uso da Wolbachia foi muito bem em todas as etapas, desde a parte teórica até o ensaio clínico em laboratório, e no teste em cidades de pequeno porte. E agora, vamos testar em cidades acima de 1,5 milhão de habitantes”, disse.

A Wolbachia é uma bactéria presente em cerca de 60% dos insetos na natureza, mas ausente no Aedes aegypti. Uma vez inserida artificialmente em ovos de Aedes aegypti, a capacidade do mosquito transmitir o vírus da zika, Chikungunya e Febre Amarela fica reduzida. Com a liberação de mosquitos com a Wolbachia, a tendência é que eles se tornem predominante e diminua o número de casos associado a essas doenças nos municípios.

A pesquisa realizada pela Fiocruz já foi testada no Rio de Janeiro (RJ), onde apresentou bons resultados, e agora chega a Campo Grande (MS), Belo Horizonte (MG) e Petrolina (PE). Segundo o ministério, a “metodologia é inovadora, autossustentável e complementar às demais ações de prevenção ao mosquito”.

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos