Rádios On-line
VIDA DE MÉDICO

“Medicina é se doar pelo próximo”, diz urologista

Marcelo Vilela relata que formação intensiva faz toda a diferença na carreira de médico

23 OUT 2020 - 13h:30Por Thais Cintra/ CBN

No último dia de entrevistas em alusão ao mês do médico, a Rádio CBN Campo Grande recebeu o urologista e diretor do curso de Medicina da UFMS, Marcelo Vilela. Ele ilustrou o perfil dos jovens que pretendem seguir carreira na áera e quais desafios são constantes. 

Marcelo trabalhou como coordenador de Residência Médica na Secretaria de Saúde da Prefeitura de Campo Grande e atualmente coordena um dos mais concorridos cursos de graduação de Mato Grosso do Sul. Em entrevista à Rádio CBN Campo Grande nesta sexta-feira (23), o urologista destacou a profissão como desafiadora, mas apaixonante.

“É uma carreira que você abraça e abre mão de muita coisa por um sonho. O ideal na medicina é ajudar o ser humano e amenizar o sofrimento. A atividade é secular”, pontuou.

Segundo o médico, existe um “deslumbre” em torno da medicina e por isso os acadêmicos devem desenvolver habilidades para se tornarem médicos humanizados, generalistas e que entendam o sistema de saúde do país.

“O médico tem que ter noção do que está fazendo. Se ele quiser fazer uma residência ou seguir pós graduação, ele pode, o profissional deve passar por uma formação básica, completa”, esclareceu. Confira:  

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos