Rádios On-line
SAÚDE

MS decreta retorno de cirurgias eletivas

Procedimentos estavam suspensos e agora, conforme publicação, se tornaram viáveis

21 JUL 2021 - 09h:45Por Giovanna Dauzacker

O Governo de Mato Grosso do Sul decretou, nesta quarta-feira (21), o retorno das cirurgias eletivas pelos hospitais da rede pública estadual e contratualizada, em razão da viabilidade dos procedimentos.

A publicação feita no diário oficial revoga a medida anterior, de 31 de março de 2021, a qual instituía restrições para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do coronavírus.

Com a autorização do retorno, a Secretaria Estadual de Saúde está elaborando resolução de como serão realizados esses procedimentos, assim como a data específica para a volta.

O número de internações em razão da Covid-19 teve queda de 38% em um mês no Estado, segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Na última segunda-feira (19), haviam 633 pacientes hospitalizados, já em 19 de junho, eram 1.028.

Mesmo neste cenário, o Hospital Universitário de Mato Grosso do Sul afirma que a retomada dos procedimentos só deve ocorrer no próximo mês, caso o Estado não absorva a demanda de pacientes de urgência e emergência.

Segundo informações da assessoria, com a reabertura do Pronto Atendimento Médico (PAM), na primeira semana de julho, esses pacientes estão sobrecarregando as equipes médicas. No local reaberto, funcionavam os leitos de CTI Covid, que foram encerrados.

Deixe seu Comentário