Rádios On-line
CBN NA COPA

Na Rússia, o idioma pode não ser o principal drama dos brasileiros

Uma corrida de táxi do aeroporto ao centro de Moscou pode custar até R$ 450.

7 JUN 2018 - 08h:06Por Paulo Nonato de Souza

Faltam 7 dias para o início da Copa do Mundo de 2018. Se você já programou ou se ainda está pensando viajar para Rússia, melhor ficar em alerta para evitar imprevistos, principalmente com taxistas. Eles têm fama de serem exploradores na hora de pagar a corrida.

O problema começa com o fato de que não existe taxímetro na Rússia. Em Moscou, por exemplo, uma corrida considerada normal entre o Aeroporto até o centro da cidade, custa o equivalente a R$ 56, mas se o passageiro cair nas mãos de um taxista golpista a mesma corrida pode custar até R$ 450.

Portanto, se você pensa que a comunicação é o grande problema na Rússia, pelo fato de o idioma russo ser incompreensíveis para nós latinos, e pela fama de os russos se recusarem a falar inglês - mesmo em grandes eventos internacionais, como uma Copa do Mundo, prepare-se porque pegar um taxi pode ser bem mais desagradável.

São muitos os relatos envolvendo taxistas de Moscou, mas vale a recomendação de alerta em todas as cidades. Na primeira fase da Copa, além de Sochi, onde estará concentrada em treinamentos, a Seleção Brasileira passará por Rostov on Don, São Petersburgo e por Moscou para enfrentar a Suíça, dia 17; Costa Rica, dia 22, e Sérvia, dia 27, respectivamente.

Na Copa das Confederações, realizada em 2017, um jornalista chileno foi forçado a pagar R$ 2.815,15 por uma corrida do aeroporto para o centro de Moscou. Ele conseguiu reaver o dinheiro depois de prestar queixa à polícia, mas pode ser que você não tenha a mesma sorte. Então, tenha cuidados.

OPÇÕES - Em Moscou são três aeroportos: Sheremetievo, Domodedovo e Vnukovo. Em qualquer um deles, bastará aparecer no saguão para ser abordado por taxistas se oferecendo para leva-lo até o centro. A dica é ignorá-los com um simples “Niet”, não em russo.

No Aeroporto Domodedovo tem estandes de taxi que se apresentam como taxistas oficiais e com preços tabelados, mas a sugestão é que não entre na conversa deles, mesmo que fale russo, porque pela tabela deles a corrida ao centro custará 7 mil rublos, algo em torno de R$ 394.
Além de poder optar pelo transporte público, o metrô, por exemplo, é possível usar o Uber pelo celular com a mesma conta usada no Brasil, outra dica do jornalista Fábio Aleixo, caso esteja em qualquer um dos três aeroportos de Moscou, é procurar pelas estandes das companhias Getty Taxi e Yandex, que são confiáveis e os atendentes falam inglês. Se preferir, desde que não tenha muita bagagem, a alternativa pode ser o Aeroexpress, um trem expresso que circula entre o centro de Moscou e os três aeroportos.

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos