Rádios On-line
ENTREVISTA CBN

ONGs e Governo se unem para evitar mortes de animais em rodovias

Projeto começou em Bonito, mas deve ser implantado em todo estado

21 JUL 2021 - 12h:30Por Ingrid Rocha

A ONG Bandeiras e Rodovias monitorou por três anos as estradas MS-040, MS-262 e MS-267 e registraram 12 mil animais atropelados. O número pode estar longe da realidade, pois segundo a presidente do Instituto Raquel Machado, Raquel Menezes Vieira, muitos animais são atropelados e morrem no mato. “Foram colocados colares de rastreamento em tamanduás-bandeiras. Seis tamanduás-bandeiras que estavam com os colares e que foram atropelados e mortos, três deles estavam no mato.”, explicou a presidente.

Para tentar mudar esta situação, a Rachel se uniu a Fernanda Delborgo Abra (Viafauna Estudos Ambientais LTDA), Angela Kuczach (da Rede Nacional Pró-unidades de Conservação), Juliana Camargo de Oliveira (Ampara Animal) e Yolanda Prantl Mangieri (Neotrópica do Brasil e criaram o grupo “Bonito Não Atropela”, que depois contou com a participação de outras ONGs. Eles buscaram criar um planejamento do que poderia ser feito e entre os pontos está a construção de pontes e cercamento da rodovia. Essas informações foram levadas ao Poder Público, que apoio a ideia. Confira a entrevista:

Deixe seu Comentário