Rádios On-line
FUNDO ELEITORAL

Parlamentares entram no STF contra o fundo eleitoral

O Congresso volta a discutir o financiamento privado das campanhas

21 JUL 2021 - 09h:00Por Márcia Paravizzi

O aumento do fundo eleitoral continua gerando polêmica. Um  grupo de parlamentares  anunciou que entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o Fundo Especial de Financiamento de Campanhas - o chamado "fundão eleitoral", incluído no texto do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2022 e aprovado no Congresso Nacional na quinta-feira (15). Foi um aumento de R$2 bilhões para R$ 5,7 bilhões nos recursos públicos para financiar campanhas eleitorais em 2022. Como alternativa, os parlamentares voltaram a discutir o financiamento privado das campanhas eleitorais. Ouça os detalhes:

 

Deixe seu Comentário