Rádios On-line
ACICG

Pesquisa aponta nível de casos de covid no comércio

Levantamento aponta que 43% das empresas não tiveram casos da doença

13 ABR 2021 - 09h:00Por Rosana Siqueira

A Associação Comercial e Industrial de Campo Grande realizou pesquisa com  empresas da Capital e verificou que mais da meta de dos estabelecimentos do varejo registraram afastamento de colaborador por infecção pela Covid-19 desde o início da pandemia. Do total, 43 não tiveram afastamento, mas  35,9% responderam que até três colaboradores foram afastados pela doença; 12,2% afastaram de 4 a 6 funcionários; de 7 a 10 colaboradores precisaram de licença em 4,3% das empresas, e 3,5% responderam que mais de 11 colaboradores foram contaminados desde o início da pandemia.

A entidade também questionou quantos colaboradores as empresas demitiram no período da pandemia. Nenhuma demissão foi realizada em 40% dos estabelecimentos; 43,4% disseram que demitiram até cinco pessoas; 11,3% demitiram de seis a 10 pessoas, e 5,2% disseram que precisaram dispensar entre 11 e 20 pessoas do quadro de mão de obra das empresas.

Quando perguntado sobre a previsão de demissões nos próximos meses, 45,6% das empresas disseram que não pretendem dispensar nenhum colaborador; 26,3% preveem uma redução de quadro de até 5%; para 13,1% a demissão deve ser de mais de 10%; 9,6% dos respondentes devem dispensar até 30%, e 5,2% afirmam que devem reduzir a equipe em 50%.

A ACICG perguntou ainda, por mais quanto tempo as empresas conseguem manter o quadro sem demissões. 65,4% conseguem operar sem dispensas por 3 meses; 17,2% conseguem manter o quadro de 4 a 5 meses; 7,2% devem operar sem demissões de 6 a 9 meses, e 10% das empresas devem conseguir funcionar sem demissões por mais de 10 meses.

A pesquisa foi realizada entre os dias 29 de março e 2 de abril, com empresas dos setores de vestuário (16,52%), Calçados (9,57%), Alimentação (15,65%), Serviços (29,57%) e segmentos não especificados no questionário (28,70%).

jpnews · Pesquisa aponta casos de covid no comércio

 

Deixe seu Comentário