Rádios On-line
MEIO AMBIENTE

Polícia Ambiental de MS prende e multa pescadores

Fiscalização policial ocorre em todos os rios do Estado durante este feriadão

12 OUT 2020 - 11h:22Por Alan Kaká/CBN

A Polícia Militar Ambiental de MS prendeu e multou pescadores após os crimes de pesca predatória nas cidades de Deodápolis, São Gabriel do Oeste e Coxim, durante este feriadão. A fiscalização está ocorrendo nos rios da região, com verificação de apetrechos, embarcações e do pescado.

jpnews · Polícia Ambiental de MS prende e multa pescadores em três cidades

Em São Gabriel do Oeste, os policias prenderam neste domingo (11) dois pescadores, um profissional e outro amador, que estavam em uma embarcação fazendo “arrastão” com rede de pesca, um apetrecho proibido por lei. O pescado, barco e materiais usados por eles foram apreendidos

O pescador profissional é morador de São Gabriel e tem 41 anos, enquanto que o amador é comerciante de Camapuã. Eles foram presos no começo da pescaria, onde já tinham capturado sete peixes com o apetrecho ilegal. A multa é de quase 1.500 reais para cada um.

Já em Deodápolis, o pescador foi preso no sábado (10) por estar com espécie de peixe acima da cota e abaixo das medidas permitidas. O acusado tem 41 anos e foi abordado nas margens do Rio Dourados.

Além de praticar crime ambiental, ele não tinha licença de pesca obrigatória. Todo o pescado e equipamento foram apreendidos, o pescador foi levado para delegacia de Deodápolis e terá que pagar multa de R$1.800,00.

Já em fiscalização no Rio Taquari, mais dois empresários de Santa Catarina foram autuados por pesca ilegal, tendo barco, motor e apetrechos apreendidos. A ação ocorreu também no sábado (10) e encontrou os dois em embarcação sem licença ambiental.

Os pescadores ainda não tinham capturado nenhum peixe, mas foram autuados por infração administrativa, com a aplicação de multa de R$ 500,00 para cada um.

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos