Rádios On-line
EFEITO CORONA

Prefeitura inicia barreiras sanitárias fixas em Campo Grande

Operação começa no dia 8 de junho e vai durar 15 dias nas saídas

29 MAI 2020 - 07h:06Por Redação

A Prefeitura de Campo Grande vai continuar com as barreiras sanitárias nas saídas da Capital. Desta vez, a operação começa no dia 8 de junho e vai durar 15 dias nas saídas para São Paulo, Três Lagoas e Sidrolândia. A megaoperação também contará com mais de 200 pessoas, com duração de 12 horas e pretende ainda, realizar blitz na Capital.

Os locais foram definidos após reunião para avaliar os resultados dos dois dias de barreira realizados nesta semana nas cinco saídas da cidade. Os pontos escolhidos apresentaram mais passageiros sintomáticos. Com o mesmo objetivo, a intenção é levar informação e orientar os motoristas que circulam de uma cidade para outra, além de realizar exames que mostram os números reais do coronavírus.

Ao passar pelo local, o motorista será abordado por profissionais da saúde, da Secretaria Municipal e voluntários, que irão aferir a temperatura corporal, informar e orientar a população sobre a prevenção ao covid-19.

Durante os dois dias mais de 9,2 mil veículos foram desinfetados e 16,3 mil pessoas abordadas. Ao todo foram identificadas 45 pessoas com sintomas gripais, sendo que 28 desses casos foram considerados suspeitos. Todos os passageiros suspeitos de estarem contaminados foram submetidos a testes rápidos, e em nenhum dos casos o exame confirmou a suspeita dos profissionais que estavam nas barreiras.

A ação acontece também em parceria com as 17 barreiras já instaladas nas fronteiras pelo governo do Estado. Ao passar por uma dessas fronteiras, o motorista recebe um adesivo, sendo liberado pela barreira sanitária.

A Agência Municipal de Transporte e Trânsito, Guarda Civil Metropolitana, Polícia Rodoviária Federal, Departamento Estadual de Trânsito, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, também prestam apoio nas barreiras.

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos