Rádios On-line
EFEITO CORONA

Prefeitura tem 72h para responder sobre lockdown

Defensoria Pública e MPE pedem fechamento das portas na capital

4 AGO 2020 - 18h:34Por Gabi Couto/CBN

A Defensoria Pública e o Ministério Público de Mato Grosso do Sul pediram o fechamento dos serviços não essenciais na capital, devido ao avanço da pandemia do coronavírus e da falta de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 
Em nota o prefeito disse que "O juiz concedeu prazo de 72 horas para manifestação da Prefeitura.  Vamos avaliar os aspectos faticos e jurídicos da ação. Ressaltamos que já estamos acompanhando, diariamente, os casos e o número de leitos, buscando equilíbrio entre a saúde e a economia da nossa cidade. Para tanto, tem intensificado as ações preventivas, com desinfecçao das principais avenidas e ruas nos bairros, barreiras sanitárias, determinação do uso de máscara,  toque de recolher, regramento do comercio;  blitz; onibus covid nos bairros, aumento no número de testes  (2 mil por dia), orientações em todas as regiões da cidade, aumento de 130% no número de leitos e contratação de 970 profissionais da saúde somente em 2020. A Prefeitura tem priorizado o equilíbrio e responsabilidade,  orientando a população a ficar em casa e sair apenas em caso de necessidade, utilizando equipamento de proteção individual."

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos