Rádios On-line
COVID-19

Produção de vacinas contra covid deve ser interrompida

Pesquisador da Fiocruz diz que faltam insumos para dar continuidade na fabricação de imunizantes

14 MAI 2021 - 15h:53Por Danielly Escher

O médico infectologista e pesquisador da Fundação Osvaldo Cruz, Julio Croda, lembrou hoje durante entrevista ao jornal CBN Campo Grande que neste momento está faltando um ingrediente farmacêutico ativo (IFA), usado na produção de vacinas. “A China suspendeu o fornecimento para o Brasil e por isso vamos paralisar a vacinação, temos apenas algumas doses da Pfizer”, disse.

Ainda de acordo com o médico e pesquisador é difícil prever quando teremos um número importante de pessoas imunizadas. “O Governo Federal contratou mais de 500 milhões de doses para este ano. A gente espera que no segundo semestre a vacinação seja acelerada e a partir de 2021 a gente tenha 80% da população vacinada”, ressaltou.

Sobre os efeitos colaterais da AstraZeneca, o pesquisador disse que a maioria é leve e tem duração de no máximo três dias. Destacou também que a suspenção do imunizante para as grávidas é preventiva.

Confira a entrevista na íntegra.

Deixe seu Comentário