Rádios On-line
PANDEMIA

“Profissionais da saúde estão exaustos”, relata coordenador do núcleo de regulação da Santa Casa

Fabiano Cançado fala sobre dificuldades em meio ao agravamento da pandemia de covid-19 e falta de leitos para pacientes que possuem outras doenças

22 MAR 2021 - 15h:49Por Loraine França/Isabelly Melo

Depois de um ano de pandemia, o Brasil enfrenta um de seus piores momentos na saúde, com falta de leitos, de oxigênio e, principalmente, esgotamento dos profissionais que atuam sem descanso na linha de frente ao combate do novo coronavírus.

Na rodada de entrevistas com representantes de hospitais públicos e privados de Campo Grande, a CBN conversou nesta segunda-feira (22), com o coordenador médico do núcleo de regulação da Santa Casa, Fabiano Cançado, que falou sobre a situação dos profissionais de saúde e o cenário de ocupação de leitos da Santa Casa.

“Os profissionais da saúde estão exaustos. Técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos, profissionais do apoio e da limpeza estão trabalhando em horários a mais do que estipulado. Têm se dedicado, mas, termos um ano de pandemia e as pessoas vão cansando”.

A impossibilidade de ampliação de leitos de UTI em Campo Grande é realidade presente em diversos hospitais que já anunciaram não terem condições de aumentar esse tipo e atendimento. Na Santa Casa, segundo, também não há mais como abrir novas vagas. Confira a entrevista:

Deixe seu Comentário