Rádios On-line
TRÂNSITO

Radares voltam a multar em Campo Grande

Agetran estima colocoar em funcionamento 97 radares na capital

4 JAN 2019 - 16h:00Por Erick Marques

Mais três radares podem multar a partir dessa sexta-feira (4) quem desrespeitar o limite de velocidade em lombadas eletrônicas de Campo Grande. De acordo com A Agência Municipal de Trânsito (Agetran) os equipamentos foram reativados em dezembro de 2018, após dois anos desativados.

Um dos radares fica localizado na rua Manoel da Costa Lima, próximo a Escola Municipal Amando de Oliveira, Bairro Piratininga. No trecho foram instalados dois radares registrando a velocidade dos veículos que transitam nos dois sentidos da via. Já o terceiro radar em atividade fica na avenida Gury Marques, próximo da rua Taboão da Serra, no bairro Universitária.

Conforme a Agetran, do dia 20 de dezembro ao dia 3 de janeiro, foi colocada faixas educativas sinalizando a reativação dos radares no local. A partir de agora o condutor que cometer a infração recebera em seu endereço a notificação com o valor correspondente a multa.

Fiscalização

Os radares de Campo Grande ficaram quase dois anos sem funcionar, desde que venceu o contrato com a empresa responsável pela instalação e manutenção dos equipamentos de fiscalização eletrônica.

Diante do novo contrato com o Consórcio Cidade Morena Perkons, a Capital receberá 97 radares, 30 lombadas eletrônicas e 109 equipamentos mistos - popularmente conhecidos como “olho vivo” porque além de medir a velocidade, também multa quem passa no sinal vermelho, para sobre a faixa de pedestres e faz conversões ou retornos proibidos.

A empresa receberá R$ 15,4 milhões para instalar, manter e operar o sistema na Capital.

Assista:

Deixe seu Comentário