Rádios On-line
COLUNA MOVER

Santo casamenteiro, amores babilônicos e divórcio

Conheça as histórias dos amantes mais famosos da civilização e a realidade do “casa e separa” durante a pandemia

11 JUN 2021 - 17h:50Por Thais Cintra

Um levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que um milhão de pessoas por ano dizem ‘sim’ nos cartórios brasileiros. Segundo a colunista Melissa Tamaciro, em contrapartida houve aumento de divórcios durante a pandemia, mas ainda há quem se arrisque a juntar os laços matrimoniais com a pessoa amada. O bate papo da indústria criativa abordou os contos amorosos que marcaram a história da humanidade, assim como o Dia dos Namorados e a tradição supersticiosa que permeia Santo Antônio.  

A colunista ainda ressalta que a lista de capitais mais ‘casamenteiras” tem São Paulo em primeiro lugar, seguido de Rio de Janeiro e Fortaleza. “Campo Grande está em 11º lugar no ranking de capitais que mais realizam casamento judicial mas também é uma das que mais registra divórcios no país”, explicou. Confira:

Deixe seu Comentário