Rádios On-line
AGRONEGÓCIO

Setor rural realiza sabatina de presidenciáveis

Entidades representativas do agronegócio cobram maior atenção do próximo governo federal para manter produção em alta

1 SET 2018 - 07h:47Por Éder Campos

 Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) promoveu um encontro com presidenciáveis, na quarta-feira (29), em Brasília. O tema foi “O Futuro é Agro 2018-2030” promovido em parceria com Conselho do Agro. 

Quatro dos 13 candidatos que disputam as eleições de outubro compareceram ao evento:  Geraldo Alckmin (PSDB), Álvaro Dias (Podemos), Marina Silva (Rede) e Henrique Meirelles (MDB). Os presidenciáveis destacaram o que pretendem fazer para solucionar problemas do setor rural.

Com discursos previsíveis, os candidatos não se aprofundaram em assuntos inerentes ao agronegócio. Divagaram do que seria um modelo ideal de governo, criticando o atual e antecessores sobre políticas administrativas do país.

A reforma tributária e déficit orçamentário, reforma previdenciária, insegurança jurídica (questões agrárias e criminalidade no campo), tabelamento de fretes, reforma agrária, tecnologia, pesquisas, infraestrutura/logística, crédito/seguro rural e mercado internacional foram temas comuns entre eles. De maneira geral, falaram de temas rurais sem aprofundamento de planos de governo para o agrosetor, focando mais no desgaste da política brasileira.

O QUE DISSERAM
Geraldo Alckmin usou a maior parte do tempo em citação a obras feitas no Estado de São Paulo durante suas gestões e que poderiam ser aplicadas no Brasil. 

Álvaro Dias, reticente, não deu clareza às suas propostas não só para o setor rural, como também para um plano geral de governo.

Marina Silva mostrou pouco de suas propostas. Durante a apresentação, tentou minimizar o receio que o setor rural tem da candidata pelo seu engajamento ambiental. “Não precisam ter medo de mim”, disse. Marina tentou demonstrar conhecimento da relevância do setor para a economia.

O peemedebista Henrique Meirelles - ex-ministro da Fazenda do governo do presidente Michel temer - fez apresentação técnica, mas deixou clara sua pouca afinidade com os sistemas produtivos. 
Os candidatos Ciro Gomes e Jair Bolsonaro não compareceram por conta de compromissos agendados anteriormente, segundo a assessoria de cada um, 

As apresentações estão disponíveis na íntegra no vídeo no abaixo, assista.

Deixe seu Comentário