Rádios On-line
16780
PPP'S

Universalização do esgoto será feita em 10 anos a R$ 3,8 bi

Além de garantir saneamento básico em 68 municípios de MS, PPP fará MS-306

21 OUT 2019 - 19h:27Por Gabi Couto/CBN

Edital de parceria público-privada que prevê a universalização do serviço de coleta e tratamento de esgoto nas 68 cidades sob a concessão da Sanesul (Empresa de Saneamento Básico de Mato Grosso do Sul) será publicado em pregão da Bolsa de Valores até dezembro. A data foi anunciada pelo governador Reinaldo Azambuja nesta segunda-feira (21) durante o seminário regional da Câmara dos Deputados que discutiu projetos de lei sobre o marco legal de saneamento básico e Parcerias Público-Privadas (PPPs). A mesa redonda foi realizado na Assembleia Legislativa, em Campo Grande.

Segundo o governador, o prazo previsto para a universalização dos serviços será de 10 anos. Já o período de operação será de 30. “Vamos avançar no tempo e fazer com que o cidadão sul-mato-grossense tenha todo esse serviço universalizado e disponível na sua porta, na sua casa, no seu comércio. Se fosse com recurso público da empresa muitas vezes demoraríamos até 40 anos para fazer. Abreviamos o tempo, ofertamos serviço de qualidade e trazemos um parceiro privado, sem vender a empresa. Isso é moderno e é o que está sendo discutido”, afirmou.

A medida não será válida para Campo Grande, onde a coleta e tratamento de esgoto está com a iniciativa privada, e para outras 10 cidades sul-mato-grossenses que têm gestão municipal do serviço: Rochedo, Jaraguari, Corguinho, Bandeirantes, Bela Vista, Glória de Dourados, Costa Rica, São Gabriel do Oeste, Cassilândia e Paraíso das Águas. “Acredito que seremos o primeiro estado do país a universalizar a coleta e tratamento do esgoto – nas 68 cidades sob a concessão da Sanesul. Pelos níveis de investimento e dando tudo certo na PPP vamos abreviar e muito o tempo”, falou.

Deixe seu Comentário

Rádio CBN CG

Ver Todos os Vídeos