Rádios On-line

ANTT abre consulta para concessão de ferrovia de Ouro Verde a Três Lagoas

Cidade irá sediar audiência pública para discutir os estudos técnicos e o processo de concessão

21 JAN 2016 - 07h:00Por Renata Prandini

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) abriu, nesta terça-feira, 19, audiência pública com o objetivo de aprimorar os estudos técnicos e minutas do edital e de contrato que disciplinarão a concessão da ferrovia Norte-Sul, no trecho compreendido entre Ouro Verde de Goiás (GO) e Três Lagoas.

Em aviso de audiência pública, assinado pelo diretor-geral da ANTT, Jorge Bastos, o prazo para o envio das contribuições será das 12h de terça-feira até às 18h do dia 19 de fevereiro deste ano. Paralelamente, a ANTT também pretende realizar audiências públicas presenciais nas cidades por onde a ferrovia passará, incluindo Três Lagoas.

No aviso, a primeira audiência pública será realizada em Brasília (DF), na sede da ANTT, no dia 16 de fevereiro. A capacidade será para 300 pessoas. Além desta, outras duas audiências serão realizadas, uma na cidade goiana de Anápolis e outra em Três Lagoas. As datas, locais e capacidade dos eventos ainda não foram definidas.

O projeto, segundo o Ministério dos Transportes, integra a segunda etapa do Programa de Investimentos em Logística (PIL) do governo federal. Trata-se de um dos maiores investimentos no setor ferroviário. Inicialmente, o trecho não contemplava a cidade de Três Lagoas. A inclusão de um ramal passando pelo município foi anunciada no fim de dezembro de 2014, quando o então ministro dos Transportes Paulo Sérgio Passos esteve na cidade para a inauguração do contorno ferroviário, e confirmada em janeiro do ano passado.

O desenvolvimento industrial da cidade foi determinante para a inclusão do ramal, que visa garantir o escoamento da produção local, uma vez que, na cidade, estão duas importantes fábricas de celulose, ambas em processo de ampliação. Quando dado início à operação das novas linhas de produção, essas fábricas serão, juntas, responsáveis pela produção de mais de seis milhões de toneladas de celulose por ano.

FERROVIA

Com pouco menos que mil quilômetros de extensão, essa ferrovia passará por 33 municípios, de quatro diferentes estados, Goiás, São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul, onde estão incluídas no traçado Três Lagoas e Selvíria. O projeto, até o ano passado, estava orçado em R$ 4,9 bilhões aproximadamente, mas, após a realização de novos estudos, pode ser que este valor seja duplicado.

O trecho é a continuação da Ferrovia Norte-Sul em construção há décadas no país. Em dezembro do ano passado, saiu a primeira carga da cidade de Anápolis (GO) rumo ao Maranhão. A composição tinha 80 vagões.

Deixe seu Comentário