Rádios On-line
7868
PREFEITURA TL  MEU BAIRRO LIMPO

Confiança do Consumidor cai 0,9% no final de 2008

De acordo com Campelo, o ICC no quarto trimestre registrou queda média de 8,5%

22 DEZ 2008 - 14h:48Por Redação

A crise internacional derrubou a confiança do consumidor brasileiro em 2008. Segundo o coordenador do Núcleo de Pesquisas e Análises Econômicas da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Aloisio Campelo, a taxa de variação média do Índice de Confiança do Consumidor (ICC) finalizou o ano com queda de 0,9%, após registrar variação positiva de 5% no ano de 2007. O economista explicou que o cenário de expectativas em baixa e avaliações negativas sobre a situação presente, que predominaram no quarto trimestre - período que contou com o agravamento dos efeitos da crise nas economias de praticamente todos os países - levaram ao resultado de recuo na variação média anual.

De acordo com Campelo, o ICC no quarto trimestre registrou queda média de 8,5% - sendo que, no quarto trimestre de 2007, o índice subiu 6,4%. Na análise do coordenador, no último trimestre do ano, o consumidor ficou preocupado com os rumos futuros da economia, tendo em vista o acirramento dos efeitos negativos da crise . Além disso, o brasileiro também teme o impacto da crise no mercado de trabalho, com a possibilidade de demissões e, conseqüentemente, de redução de seu poder de compra.

Esse cenário é perceptível no resultado do ICC de dezembro, que apresentou alta de 0,5% ante novembro. Embora tenha sido a primeira elevação do indicador após dois meses em queda, Campelo comentou que foi o pior resultado para um mês de dezembro desde o início da série histórica, em setembro de 2005. "Esse desempenho é muito fraco para essa época do ano", disse. Além disso, o técnico observou que a taxa de elevação foi impulsionada por fatores sazonais, como a boa avaliação do consumidor para a situação financeira familiar em dezembro, influenciada pelo recebimento do décimo terceiro salário.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7201