Rádios On-line
8937
TVC

Decretado ?vazio sanitário? para algodão em 12 municípios

O Diário Oficial do Estado publicou na edição de quarta-feira, 5, ato que estabelece período de ?vazio sanitário? em áreas de plantio de algodão por até 90 dias em 12 municípios de Mato Grosso do Sul.

5 SET 2012 - 14h:59Por Redação

O Diário Oficial do Estado publicou na edição de quarta-feira, 5, ato da secretária de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), Tereza Cristina, que estabelece período de ”vazio sanitário” em áreas de plantio de algodão por até 90 dias, a partir de 1º de outubro, em 12 municípios de Mato Grosso do Sul. Na maioria dos municípios o período sem plantio será de 60 dias.

A medida, segundo a Seprotur, se deve à identificação de praga no município de Chapadão do Céu, em Goiás, que fica na divisa com as regiões Norte e Bolsão de Mato Grosso do Sul.

A praga, conhecida como Bicudo do Algodoeiro deve ser combatida com a destruição de restos culturais ou materiais inaproveitáveis de algodoeiro e “vazio” (ausência de plantio) por período não inferior a 60 dias.

De 12 municípios, dois, Chapadão do Sul e Costa Rica, no entanto, estenderão o vazio sanitário até 30 de novembro, em razão da condição de vizinho contíguo da cidade goiana onde foi detectada a presença do Bicudo do Algodoeiro.

De acordo com a medida, “o período de vazio sanitário vegetal é aplicável aos casos de plantio de algodão, no ano agrícola 2012/2013, nos municípios de Água Clara, Alcinópolis, Camapuã, Cassilândia, Chapadão do Sul, Costa Rica, Coxim, Figueirão, Pedro Gomes, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste e Sonora”.
 

Deixe seu Comentário

JORNAL DO POVO MOBILE

TVC Canal 13

JORNAL DO POVO