Rádios On-line
11559

Em três Capitais, preço do álcool compensa mais que o GNV

14 JAN 2009 - 06h:10Por Redação

A alta no preço do Gás Natural Veicular (GNV) já afugenta clientes das oficinas de conversão. Só no município de São Paulo, em apenas um mês, o preço do gás natural veicular subiu 18% em média, um reflexo direto da escalada do dólar nos últimos meses, de acordo com as distribuidoras.
Os aumentos tornaram mais estreita a diferença entre os preços do GNV e do seu maior concorrente, o álcool, diminuindo as vantagens de quem abastece com gás.
Em Belo Horizonte, o quilômetro rodado com GNV custa R$ 0,14 - apenas R$ 0,05 a menos que o carro a álcool. Em Recife, o carro a gás roda a R$ 0,15 o quilômetro, contra R$ 0,18 a álcool. Já em São Paulo, a economia é mínima: um motorista de veículo a gás gasta R$ 0,14 para fazer um quilômetro, apenas R$ 0,01 a menos.
O raciocínio dos motoristas não leva em consideração apenas os gastos na bomba. A conta inclui o custo da instalação deste kit, com cilindro e outras peças, que permite ao carro rodar a gás natural.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13