Rádios On-line
8504
Território Teen

Exportações do agronegócio atinge US$ 71 bi nos últimos 12 meses

O complexo soja (óleo, farelo e grãos) foi o líder das exportações do agronegócio, com US$ 17,86 bilhões

9 DEZ 2008 - 10h:07Por Redação

As exportações brasileiras do agronegócio atingiram a marca histórica de US$ 71,67 bilhões nos últimos 12 meses. O total é 23,7% superior ao valor exportado entre dezembro de 2006 e novembro de 2007. As importações foram 38,3% superiores aos 12 meses anteriores com gastos de US$ 11,79 bilhões. Como resultado, o superávit comercial acumulado de novembro de 2007 a novembro de 2008 foi de US$ 59,88 bilhões.

O complexo soja (óleo, farelo e grãos) foi o líder das exportações do agronegócio, com US$ 17,86 bilhões e incremento de 58,3% nos últimos 12 meses, em relação ao mesmo período anterior.  Ainda considerando a comparação de períodos, outros itens que merecem destaque são: lácteos (99,9%), carnes (34%), produtos florestais (8,9%), café (20,4%), fumo e seus produtos (24,2%) e cereais, farinhas e preparações (4,8%).

Resultados de novembro - As exportações do agronegócio totalizaram, no último mês, US$ 5,1 bilhões, o que representou um crescimento de 3,3% em relação ao mesmo período de 2007. As importações tiveram um incremento de 15,3%, alcançando US$ 933 milhões.  O superávit da balança ficou em US$ 4,17 bilhões.

A heterogeneidade marcou o resultado dos setores. Os produtos de origem vegetal destacaram-se pelo aumento do valor exportado nos setores: complexo sucroalcooleiro (59%), complexo soja (26,3%) e café (21%). Os produtos apícolas tiveram destaque dentro dos produtos de origem animal: as vendas para o mercado externo totalizaram US$ 4 milhões, que significam 151,7% acima do valor exportado em novembro 2007. No entanto, os demais produtos de origem animal apresentaram variação negativa, como carnes (-14,8%), couros, produtos de couro e peleteria (-27,5%), animais vivos (-8,6%) e lácteos (-54,7%).

Janeiro a novembro - Nestes 11 meses, as exportações do agronegócio somaram US$ 67,03 bilhões, com crescimento de 24,6% em relação ao mesmo período do ano passado. As importações também tiveram significativo incremento no acumulado do ano. Foram 39% de elevação, para US$ 10,9 bilhões. O saldo comercial do agronegócio cresceu mais de US$ 10 bilhões, saindo de US$ 45,92 bilhões, no período de janeiro a novembro de 2007, para US$ 56,10 bilhões no acumulado de 2008.

Os cinco principais setores responsáveis pelo avanço das exportações no período foram o complexo soja (59,9%), carnes (33,5%), produtos florestais (8,4%), complexo sucroalcooleiro (16,3%) e café (21, 9%). Em relação às importações, os setores com maior participação no valor importado foram: cereais, farinhas e preparações (42,8%) e produtos florestais (32, 4%). No setor de cereais, as aquisições de trigo cresceram 40,9%, de US$ 1,26 bilhão para US$ 1,78 bilhão, com redução da quantidade importada em 9,3% a preços 55,4% superiores.  Assim, as importações de trigo totalizaram 5,6 milhões de toneladas no período de janeiro a novembro deste ano.

Destinos - Na análise por país, houve elevação de 72,8% nas vendas para a China, que se coloca como o principal destino das exportações do agronegócio brasileiro no acumulado de 2008.  Esse mercado teve participação de 11,6% nas exportações brasileiras de produtos do agronegócio, superando os Países Baixos (9,2%) e Estados Unidos (8,7%). Tiveram aumento significativo as exportações para a Venezuela (113%), Tailândia (78,5%), Arábia Saudita (50,3%), Japão (41,6%) e Rússia (31,2%).


No que se refere aos destinos das exportações entre janeiro e novembro de 2008, vale destacar o crescimento dos valores exportados para os seguintes blocos econômicos e regiões geográficas: Aladi (61,8%), Ásia (50,8%), Europa Oriental (34,2%), África (26,9%), Mercosul (16,9%) e União Européia-27 ( 15,7%).

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6864