Rádios On-line
8937
JORNAL DO POVO MOBILE

Inflação do aluguel fecha 2008 com alta de 9,81%

O resultado consolidado do ano corresponde à maior alta do índice desde 2004, quando o IGP-M subiu 12,42%

29 DEZ 2008 - 07h:57Por Redação

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), índice de inflação que serve de referência para o reajuste de aluguéis, tarifas e outros contratos, teve alta de 9,81% em 2008, segundo dados divulgados pela Fundação Getúlio Vargas nesta segunda-feira (29).

O resultado consolidado do ano corresponde à maior alta do índice desde 2004, quando o IGP-M subiu 12,42%.

O índice de 2008 também é superior ao registrado no fechamento de 2007 (+7,75%). Em 2006, o índice teve variação positiva de 3,84% e, em 2005, de 1,20%.

Maiores altas

O IGP-M é composto por três índices: o Índice de Preços por Atacado (IPA), Índice de Preços ao Consumidor (IPC) e Índice Nacional de Custo da Construção (INCC).

No ano, a maior alta foi no custo da construção, que subiu 12%. Já os preços por atacado tiveram alta de 10,84%. A menor variação verificada nos preços ao consumidor, que subiram 6,07% no acumulado de 2008.

Por categorias de produtos e serviços, as maiores altas foram registradas nos bens intermediários no atacado (+15,61%), materiais e serviços da construção civil (+14,95%), produtos industriais no atacado (+13,52%) e matérias-primas brutas (11,85%). 

No mês

A variação do IGP-M no mês de dezembro foi negativa. Houve deflação de 0,13%, contra uma alta de 0,38% em novembro. Além de dezembro, o único mês em 2008 em que o IGP-M teve retração foi agosto, com queda de 0,32%.

A queda do IGP-M em dezembro foi puxada pelo Índice de Preços por Atacado (IPA), que teve retração de 0,42% no mês. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou aumento de 0,58% e o Índice Nacional de Custo da Construção  (INCC) subiu 0,22% no mês.

Deixe seu Comentário

TVC

TVC Canal 13

JORNAL DO POVO