Rádios On-line
9098
Nova Estrela 0603

Inflação sobe e fecha em 0,85% no mês de outubro em Campo Grande

O percentual é 0,21% maior que o registrado em setembro

6 NOV 2012 - 15h:32Por Redação

O mês de outubro teve inflação de 0,85% em Campo Grande, de acordo com o IPC/CG (Índice de Preços ao Consumidor) divulgado nesta terça-feira (6) pelo Nepes (Núcleo de Pesquisas Econômicas e Sociais) da Universidade Anhanguera-Uniderp. O percentual é 0,21% maior que o registrado em setembro.

Segundo o Nepes, o forte aumento é reflexo dos altos preços de alguns alimentos - carne bovina, carne de frango congelado, arroz e batata - e também foi provocado pela chegada do fim de ano.

Entre os produtos que tiveram alta nos preços, estão chuchu (78,21%), limão (34,75%), batata (24,75%), arroz (23,27%), frango congelado (6,6%) e alguns cortes de carne bovina – alcatra (7,77%), cupim (5,52%), costela (3,58%), filé mignon (3,46%) e contrafilé (3,45%).

Outros grupos
O grupo Transportes registrou alta de 0,22%, puxada pelo aumento de preços do automóvel novo (1,72%) e etanol (0,13%), de acordo com o Nepes. O grupo Vestuário registrou deflação de 0,38% e Habitação, de 0,05%.

Acumulado

Em 2012, a inflação acumulada em Campo Grande está em 4,52%. De acordo com o Nepes, o percentual ultrapassou o centro da meta estabelecida pelo CNM (Conselho Monetário Nacional), que para 2012 é de 4,5%. Nos últimos 12 meses, o acumulado é de 5,51%.

Outros registraram queda, como tomate (-22,91%), cenoura (-21,75%), pepino (-20,05%) e beterraba (-15,28%).

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13