Rádios On-line
REFLEXOS

JBS dá férias coletivas a funcionários de três frigoríficos em MS

Atividades serão suspensas a partir de segunda-feira (3) em razão de embargos à carne brasileira após a operação Carne Fraca

29 MAR 2017 - 17h:48Por Kelly Martins

Funcionários de três frigoríficos da JBS, em Mato Grosso do Sul, vão receber férias coletivas de 20 dias a partir da próxima segunda-feira (3 de abril). A empresa anunciou nesta quarta-feira (29) que a medida é necessária em virtude dos embargos temporários impostos à carne brasileira pelos principais países importadores após a operação Carne Fraca, da Polícia Federal. Aponta também que houve queda nas vendas de carne bovina nos últimos dez dias.

Os abates estarão suspensos nas unidades de Naviraí, Nova Andradina e Anastácio, segundo informou a assessoria da empresa ao JP News. Porém, não será apenas em Mato Grosso do Sul as férias coletivas. Ao todo os abates serão suspensos em dez das 36 unidades da JBS, localizadas em São Paulo (1), Goiás (1), Mato Grosso (4) e Pará (1). A empresa informou que as férias coletivas podem se estender por mais dez dias.

Por meio de nota a JBS afirma que “é imprescindível ajustar os volumes de produção para normalizar os níveis de estoques de produtos destinados ao mercado interno, assim como reescalonar a programação de embarques de produtos para os clientes do mercado externo que ficaram represados durante esse período”.  Em outro trecho, a empresa garante que está empenhada na manutenção do emprego dos 125 mil colaboradores em todo o Brasil.

Operação

A investigação da Polícia Federal, deflagrada no país no último dia 17, apura o envolvimento de fiscais do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) em um esquema criminoso para liberação de licenças, fiscalização irregular de frigoríficos e também adulteração de carne vencida.

Deixe seu Comentário