Rádios On-line

Maioria das demissões registradas em 2015 foi sem justa causa, aponta Caged

No ano passado, Três Lagoas registrou saldo negativo de 1,3 mil postos de trabalho

28 JAN 2016 - 18h:04Por Renata Prandini

A maioria dos demitidos no ano passado foi sem justa causa. É o que aponta os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego. Segundo o levantamento, do total de desligamentos, 11,4 mil foram sem justa causa. Já outros 4,3 mil trabalhadores deixaram os seus empregos à pedido.

Ainda no decorrer do ano, foram registradas 246 demissões por justa causa, 11 por aposentadoria, 43 por morte e 193 por término de contrato com prazo determinado.

O ano de 2015 foi o segundo pior em geração de empregos dos últimos dez anos, perdendo somente para o ano anterior. Em 2015, 1,3 mil postos de trabalho foram fechados no município, a maioria deles, mais de mil empregos, somente no setor da indústria da transformação.

Ainda segundo os dados do Ministério do Trabalho e Emprego, no mesmo período, a cidade registrou mais de 17 mil admissões. Desse total, 15 mil foram de recolocação no mercado de trabalho, 864 por transferências administrativas e 1,1 mil por primeiro emprego.

Somente no mês de dezembro, foram 196 postos de trabalho com carteira assinada extintos em Três Lagoas. O pior desempenho foi registrado pelo setor de serviços, com 114 vagas cortadas. O comportamento de geração de empregos de janeiro deste ano deve ser divulgado na primeira quinzena de fevereiro. 

Deixe seu Comentário