Rádios On-line
TAXA DE JUROS

Taxa Selic passa a ser divulgada apenas pela internet

Banco Central informa que as decisões do Comitê de Política Monetária (Copom) passam a ser divulgadas pela internet após o término das reuniões

20 JUL 2016 - 13h:18Por Beatriz Rodas

O Banco Central informou que a nota à imprensa sobre a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) passará a ser divulgada exclusivamente no site da autarquia (www.bcb.gov.br), imediatamente após o término da reunião, a partir das 18h. Anteriormente, além da publicação no site, o BC anunciava a decisão para a imprensa.

O Banco também informou que o comunicado e a ata da reunião terão formatos distintos dos publicados até a última reunião, mas não explicou as mudanças que serão feitas.

Na quarta-feira (20) será anunciada a decisão sobre a Selic, taxa básica de juros, na primeira reunião do Copom sob comando do novo presidente do BC, Ilan Goldfajn.

Em junho, ao assumir o cargo, Goldfajn  disse que um “elemento essencial” na atuação do BC em relação à taxa básica de juros, a Selic, e a inflação é “a comunicação contínua com a sociedade”. O presidente defendeu que a “comunicação precisa ser simples, direta e concisa de modo a transmitir da melhor forma a visão do Banco Central, inclusive as incertezas quanto à perspectiva e diferentes trajetórias para a conjuntura econômica”, disse. “A comunicação do Banco Central precisa também deixar claras as condições necessárias para as perspectivas apresentadas”, acrescentou. O BC recebeu críticas na gestão de Alexandre Tombini quanto à comunicação, considerada confusa por analistas.

No último dia 12, o Banco Central anunciou também que, a partir desta reunião, a divulgação da taxa ocorrerá por volta das 18h, cerca de uma hora depois do fechamento do mercado financeiro. Anteriormente, a taxa Selic era divulgada entre 19h30 e 21h. O BC anunciou ainda a alteração do dia de divulgação da ata da reunião, com as explicações para a decisão sobre a Selic. Agora, esse documento será divulgado na terça-feira seguinte e não mais às quintas-feiras. (Com informações de Agência Brasil)

Deixe seu Comentário