Rádios On-line
7866
ABSOLUTA AUTOMOVEIS

Aumenta procura por curso pré-vestibular na rede pública

A procura por cursinho pré-vestibular na rede pública de ensino vem aumentando a cada ano.

29 AGO 2012 - 08h:03Por Danilo Fiuza

 A procura por cursinho pré-vestibular na rede pública de ensino vem aumentando a cada ano, em Três Lagoas. De acordo com Carmem Lúcia Barbosa Pinto, coordenadora do Curso Estadual Preparatório para o Ingresso na Educação Superior (CIES), que funciona na Escola Estadual Fernando Correa, nos últimos quatro anos a escola tem registrado um aumento de 40% por parte da população do município e de cidades vizinhas do Estado. 


Atualmente, o CIES conta com três turmas de 40 alunos cada no município e em Brasilândia. As aulas são ministradas no período noturno. Os alunos iniciaram o curso em fevereiro deste ano e devem concluir no dia 30 de outubro. Segundo Carmem, apesar de as inscrições para o próximo ano não terem sido abertas já existe uma lista de espera com 70 nomes. “A data das novas inscrições deve ser divulgada em novembro e mesmo assim a procura por vagas já é grande”, destacou. 

Na opinião de Carmem, o interesse em estudar para conquistar uma vaga em universidades públicas, ou em cursos concorridos de instituições particulares, está associado ao desenvolvimento de Três Lagoas. Isso porque as empresas que oferecem bons empregos exigem formação dos candidatos. “A população tem notado que para conseguir seguir o desenvolvimento precisará estar preparada. Isso é bastante positivo”, disse.

OBJETIVO
O CIES tem como principal objetivo preparar os alunos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Todos recebem, de forma gratuita do Governo do Estado, apostilas com testes que podem cair no exame, e, principalmente com exames de redação. “A redação vale muitos pontos no Enem, por isso aplicamos muitas atividades relacionadas aos estudantes”, salientou. Eles veem ainda questões de português, matemática e química e uma língua estrangeira. “Temos duas turmas que optaram pelo inglês e uma que preferiu o espanhol”, explicou. 
A equipe de professores é formada por bons profissionais. Carmem contou que muitos deles, inclusive, trabalham em escolas particulares também. Ela acredita que esse é um fator bastante positivo, pois mostra que os alunos da rede pública têm acesso a educação assim como os da rede privada. “Antigamente um cursinho pré-vestibular era apenas para pessoas ricas. Hoje é diferente, todos tem acesso à qualificação e as universidades públicas”, pontuou. 

EXEMPLOS
Segundo Carmem, os alunos preenchem na fixa de inscrição as universidades que gostariam de passar. A grande maioria (80%) escolhe a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), e, ainda conforme Carmem, pelo menos 95% desses conquista uma vaga na UFMS. “Temos exemplos também de alunos que passaram na Universidade Estadual de Maringá (UEM)”, disse destacando que em julho uma aluna do CIES passou para o curso de medicina em São José do Rio Preto. “A faculdade que ela prestou é particular, porém, havia 70 alunos por vaga no curso que ela escolheu”, completou.

REQUISITOS
Os alunos que se interessam em se inscrever precisa ter concluído o ensino médio ou estar cursando o 3º ano do ensino médio. Conforme Carmem,a renda da família também é avaliada, pois o programa tem o objetivo de preparar aquelas pessoas que não tem condições de pagar um curso particular. 
 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7201