Rádios On-line

UEMS completa 19 anos e comemora conquistas acadêmicas

Universidade tem intensificado a verticalização acadêmica nos últimos anos com a implantação de programas de pós-graduação stricto sensu

20 DEZ 2012 - 16h:13Por Redação

Nesta quinta-feira (20), a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) comemora 19 anos e os resultados alcançados mostram a importância da instituição para o Estado. Conhecida nacionalmente pela sua capacidade de inclusão social no ensino superior, a UEMS tem intensificado a verticalização acadêmica nos últimos anos com a implantação de programas de pós-graduação stricto sensu. Somente em 2012 a Universidade conquistou três novos programas de mestrado, além do primeiro doutorado entre as universidades estaduais do Centro Oeste.

Neste ano de 2012, o número de vagas oferecidas saltou para 2,35 mil e o número de inscritos no vestibular subiu 560% (35,5 mil inscritos). O número de alunos passou de 830 em 1994 para 8,2 mil em 2012 e o número de cursos foi para 54.
 
Do total de profissionais já formados, 6,4 mil saíram dos cursos de licenciatura, prontos para fortalecer o ensino regular estadual. Outra forte característica desenvolvida pela Universidade ao longo desses 19 anos é o atendimento ao cidadão sul-mato-grossense. Dos alunos matriculados em 2012, quase 90% são procedentes de MS.
 
O atendimento à população regional contempla as peculiaridades e respeita a diversidade dos sul-mato-grossenses. A Universidade é uma das pioneiras e formalizar um sistema de ingresso de indígenas no Brasil. Atualmente a UEMS, atendendo à legislação estadual, reserva 10% de suas vagas para indígenas e 20% para negros.
 
Cursos
Desenvolvimento tecnológico também tem sido um alvo da Universidade. Através dos cursos tecnológicos, a instituição têm atendido às demandas estaduais, como por exemplo, o curso de tecnologia em produção sucroalcooleira de Glória de Dourados que vem suprir uma carência regional por profissionais que possam aproveitar as vagas de trabalho abertas pela indústria da cana em MS.  Além desse, a UEMS também contempla o desenvolvimento da pequena propriedade rural, através do curso de Agroecologia - curso que vem ganhando destaque nacional por sua atuação.
 
Para o reitor da UEMS, Fábio Edir, como em qualquer outra instituição, esses 19 anos foram de muitos desafios, mas todos eles vencidos. “Hoje nós podemos dizer que a UEMS é uma peça fundamental para Mato Grosso do Sul. Através de um corpo de professores e técnicos dedicados e capacitados temos nos empenhado em tornar melhor a vida da nossa população, seja por meio da oferta de um ensino de qualidade, do desenvolvimento de pesquisas socialmente relevantes e de ações de extensões que nos aproximam das mais diversas comunidades que compõem o Estado”.
 
História        
A história da UEMS tem como marco inicial o ano de 1993, quando o Estado deu início a um projeto de fortalecimento da educação básica a partir da formação e qualificação do corpo docente. Com sede em Dourados, a instituição já nasceu grande - 15 Unidades Universitárias distribuídas de forma estratégica para atender a todas as regiões do Estado.
 
Em 1994 a Universidade recebeu seus primeiros alunos. Naquele ano, a instituição abriu 830 vagas concorridas por 5,3 mil candidatos no vestibular. Na época foram ofertados apenas 18 cursos.
 
Com informações da UEMS 

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13