Rádios On-line

Brasil e Rússia poderão trocar informações sobre organização das Olimpíadas

O Brasil poderá enviar observadores às Olimpíadas de Inverno de Sóchi, na Rússia, em 2014, tal como ocorreu nos Jogos de Londres, em 2010

24 MAI 2013 - 14h:28Por Redação

 O Brasil poderá enviar observadores às Olimpíadas de Inverno de Sóchi, na Rússia, em 2014, tal como ocorreu nos Jogos de Londres, em 2010, para analisar as soluções encontradas pelos organizadores para questões de segurança, transportes, acesso aos estádios e outras, para aplicar o que houver de positivo no Rio de Janeiro, em 2016. Por sua vez, os russos deverão enviar observadores para acompanhar os preparativos para a Rio 2016.

O assunto foi discutido hoje (23) pelo presidente da Autoridade Pública Olímpica (APO), Márcio Fortes, com o embaixador Valeriy Kuzmin, responsável pela coordenação de grandes eventos esportivos do governo russo, como a organização dos Jogos de Sóchi 2014. Eles conversaram durante uma visita ao Estádio Nacional de Brasília-Mané Garrincha e depois, por mais de uma hora em uma reunião no Ministério das Relações Exteriores.

Kuzmin disse ter vindo a Brasília com o objetivo principal de “criar laços de cooperação entre o Brasil e a Rússia, porque os dois países estão se preparando para fazer megaeventos esportivos: no Brasil, a Copa das Confederações este ano, a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016; na Rússia, as Olimpíadas de Sóchi e a Copa do Mundo de 2020”. Daí o interesse recíproco de trocar informações e experiências a respeito de todos os aspectos da organização dessas competições. O acordo deverá ser formalizado pelo governo brasileiro com o Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

Durante a visita ao Mané Garrincha, o representante russo comentou que em seu país os estádios não podem ser sem cobertura, como ocorre com a parte central do estádio de Brasília, devido à baixa temperatura no país. Por isso, segundo ele, a grama não cresce como no campo de Brasília, já que o sol não pode chegar até o gramado. Valeriy Kuzmin classificou o Mané Garrincha, que ainda está em fase final de acabamento, como “lindo”.

Durante a reunião no Ministério das Relações Exteriores, o dirigente russo explicou todos os detalhes da organização dos Jogos de Inverno, em Sóchi, no ano que vem, de 7 a 23 de fevereiro e, em seguida, os Jogos Paralímpicos de inverno. É a primeira vez que a Rússia receberá os Jogos Olímpicos de Inverno. Em 1980, quando ainda era a União Soviética, Moscou sediou as Olimpíadas de Verão.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13