Rádios On-line
8936
JORNAL DO POVO MOBILE

Equipe de rugby corre atrás de patrocínio

Apoio encontrado até agora é bom, mas está longe de ser suficiente, segundo o capitão do time

12 SET 2012 - 08h:19Por Danilo Fiuza/JP

Assim como a grande maioria dos esportistas locais, a principal dificuldade do time três-lagoense de rugby é a falta de patrocínio. Os atletas, que também são diretores do Guaicurus Rugby Três Lagoas, estão buscando apoio. Serão confeccionadas 200 camisetas, 100 cartazes e algumas faixas que visam à divulgação da equipe. Em todos os materiais, serão estampadas marcas das empresas que se interessarem em investir no esporte.

Segundo o capitão do time, Bruno Ferreira Dutra, que atua como centro (posição no campo), um ofício já foi feito e a captação de recursos deve começar em breve. “Vamos conversar com as empresas e apresentar esse documento, que servirá como uma proposta. Em um primeiro momento, iremos procurar lojas de materiais esportivos e farmácias. Qualquer ajuda será bem-vinda. Mas precisamos mesmo fazer um caixa para poder viajar, pagar hospedagem, tudo de maneira mais tranquila”.

Das 200 camisetas, 36 serão doadas para patrocinadores e apoiadores e o restante será vendido. “É uma forma de conseguirmos uma fonte de renda e ao mesmo tempo fazer uma propaganda do time”, salientou Bruno. Sobre uniforme de jogo, ele afirma que será colocado em pauta posteriormente.

“Temos receio de colocar uma marca e, depois de pouco tempo, a empresa por algum motivo deixar de nos patrocinar. Mas, claro, se houver algum interessado em fechar um contrato longo, de um ano, por exemplo, podemos antecipar essa parte”.

Ainda segundo o capitão, os patrocinadores pagarão uma cota de R$ 600 para estampar as logomarcas nas camisetas. Serão disponibilizados seis espaços em cada peça.


INSUFICIENTE

Bruno comenta que já tem alguns parceiros. A ajuda é considerada essencial, mas insuficiente. “O Amado Moura nos concedeu 50% de desconto na mensalidade da academia e deveremos receber um apoio dele também na parte de suplementação. A Água Aquarela nos fornece água para os jogos e o Supermercado Yamaguti nos doou R$ 200. É uma ajuda muito boa. Mas, infelizmente, ainda não é suficiente”.

O atleta afirmou que vai tentar viabilizar água também para os treinamentos, equipamentos esportivos, materiais de primeiros socorros e medicamentos, além dos patrocinadores das camisetas.

Deixe seu Comentário

TVC

TVC Canal 13

JORNAL DO POVO