Rádios On-line
7919
TERCEIRA IDADE

Esporte resgata a autoestima de idosos da capital

Em Campo Grande, idosos mantem o corpo e a mente ativos com a prática do vôlei

6 JUL 2018 - 10h:30Por Isabelly Melo/CBN

De acordo com dados do último censo do IBGE, idosos com 60 anos ou mais representam cerca de 78,4 mil pessoas em Campo Grande, o que corresponde a 10% da população. No Brasil, 29.374 milhões de pessoas são idosas.

Para estimular a reinserção destas pessoas no mercado de trabalho, em maio deste ano a Prefeitura da capital sancionou uma lei, determinando a criação do Programa Ativa Idade, com o obejtivo de estimular a reinserção de idosos no mercado de trabalho, afim de garantir dignidade à terceira idade.

Outra forma de garantir a dignidade e manter essa população ativa é o Grupo da Terceira Idade do Sesc. Os integrantes tem várias atividades disponíveis, como dança, música, aulas de costura, acadêmia, entre outros. Maria de Lurdes Markendorf faz parte do grupo desde a primeira turma. Uma das atividades que a aposentada de 68 anos realiza é o vôlei. As aulas acontecem todas as terças e quintas-feiras, pela manhã. Dentro do grupo Maria já ganhou vários amigos, além da liberdade e desenvolvimento da saúde e memória.

Outra integrante é Jussara Guasso Mandu, a idosa vai aos treinos em ritmo de copa, com cores da seleção da cabeça aos pés e bandeira nas maõs. Jussara também é da primeira turma, e brinca quando pergunto que horas eles vão subir para a quadra.

O professor é Wagner Roberto, educador físico e responsável pelos treinos do grupo. O trabalho realizado tem como objetivo trabalhar a parte motora, a atenção e o prazer dos idosos, que encontram no esporte um meio de se manterem ativos.

O psicologo e psicoterapeuta Antônio Sérgio Gonçalves esclarece que o problema no Brasil é a questão cultural, pois no nosso país não precisa ser muito idoso para ser considerada como uma pessoa sem utilidade, ficando fora do mercado de trabalho e da sociedade ativa, "diferente de outras culturas onde o idoso é tido como alguém sábio e importante para aquele grupo". 

O grupo se reúne toda semana, em atividades diversas.

Para mudar o cenário atual, Antônio Gonçalves afirma que é importante a reinserção do idoso em vários segmentos da sociedade; no mercado de trabalho, e em outras atividades, entre elas o esporte. Em Campo Grande, entre os dias 14 e 17 de agosto acontecerá os 17º Jogos campo-grandenses da  Pessoa Idosa, serão mais de 10 modalidades, entre elas truco, tênis de mesa, sinuca, vôlei, bozó, natação, dança e outros. O objetivo é desenvolver o intercâmbio entre os atletas da capital, estimulando a prática esportiva de recreação de lazer. Além de selecionar representantes de Campo grande para os Jogos da Pessoa Idosa na fase Estadual de Mato Groso do Sul. As incrições seguem até o dia 25 de julho, na Fundação Municipal de Esportes, localizada na Rua Dr. Paulo Machado, nº633.

Para o psicoterapeuta, os idosos acabam se sentindo numa situação de inatividade, devido a falta de um emprego fixo, gerando vários sentimentos e patologias. Praticar alguma atividade física, por exemplo, pode auxiliar na autoestima da pessoa idosa, além de manter o corpo e a mente ativos, o vôlei, por exemplo, é uma das opções. No Grupo da Terceira Idade do Sesc as regras da modalidade são adaptadas aos alunos, para que a disputa seja dinâmica e prazerosa. Wagner ressalta que o correto não é vôlei adaptado, mas segurado, sempre pensando na segurança e prazer dos idosos.

As atividaes são gratuitas e acontecem durante toda semana, com aulas diferentes, além de palestras sobre diversos temas e ainda aula de línguas. Podem participar idosos com 60 anos a cima. Confira alguns exercícios executados durante os treinos.

Deixe seu Comentário

Rádio CBN Campo Grande

Ver Todos os Vídeos
JORNAL DO POVO
7300