Rádios On-line
QUASE NO FIM DA LINHA

Jogo de meia hora termina sem gols

Restinho de partida inacabada entre Misto e Operário também teve protesto de jogadores de Três Lagoas por atraso de salários

24 MAR 2016 - 16h:18Por Valdecir Cremon

Terminou empatado sem gols e com protesto de jogadores o restinho de jogo entre Misto e Operário, disputado ontem à tarde no estádio Madrugadão, em Três Lagoas, pela quinta rodada do Campeonato Sul-Mato-Grossense de 2016. 

A “partida” teve duração de apenas 30 minutos - 27 que faltaram do jogo anterior e 3 minutos de acréscimo. O problema foi provocado pela falta de luz no campo, dia 13. Um setor de refletores teve um defeito no início do segundo tempo e o árbitro Marcos Mateus Pereira decidiu pela suspensão do jogo. O Misto concordou, mas depois ainda pediu à Federação Sul-Mato-Grossense de Futebol a marcação de nova data. Em vão.

PROTESTO
Uma manifestação de jogadores do Misto também marcou a realização da partida. Os atletas se negaram a jogar, mesmo após o apito inicial, com 15 minutos de atraso. Todos se sentaram no gramado e demonstraram insatisfação com a diretoria do clube, por falta de pagamento. 

Em solidariedade, atletas do Operário também se sentaram no gramado. 

O manifesto foi encerrado apenas depois de uma conversa entre diretores a representantes do time. O empresário  Antonio Carlos Teixeira liderou um novo acordo com os atletas. As bases da negociação e nem o total da dívida com salários não foram divulgadas.

E AGORA?

Com o empate, o Misto chegou a 6 pontos e empatou na lanterna com o Serc Chapadão, derrotado ontem à tarde pelo Comercial por 3 a 1, em Campo Grande. O Operário foi a 19 pontos, na liderança do grupo A e de toda a competição.

Na rodada do final de semana, o Misto enfrenta o Serc, em Chapadão do Sul. A equipe de Três Lagoas tem poucas chances de não ser rebaixada para a série B, em 2017. Para isto, deve vencer todos os jogos e torcer por derrotas do Serc e Novoperário, que tem 7 pontos. 

Deixe seu Comentário