Rádios On-line
7919

?Nova diretoria será como um divisor de águas?

Teixeira citou como exemplo da nova era no Misto, a presença no corpo diretivo de promotores da cidade

12 SET 2012 - 09h:00Por Rafael Rossi/JP

Os novos diretores do Misto ainda nem assumiram e a maioria ainda nem sabe ao certo qual cargo vai ocupar. Mesmo assim, o grupo está “com moral” e foi muito elogiado pelo atual vice-presidente do clube, Antônio Carlos Teixeira de Freitas. O dirigente chegou a dizer que a presença deles na direção será como “um divisor de águas”.

Teixeira conta que os “novatos” já estão comprometidos em fazer um grande trabalho em prol do Misto. “Falei com a maioria. Eles garantem que vão se empenhar muito. Acredito que no mês que vem esse pessoal já estará nos ajudando”.

Questionado sobre qual seria a importância dos novos diretores para o futuro do time, o dirigente não economizou nos elogios. “A nova diretoria será como um divisor de águas para o clube. Com a presença deles, aumenta a esperança de novos tempos. Inclusive a meta agora é voltar à Copa do Brasil”. Para isso, o Misto terá que ser campeão ou vice no estadual 2013.

Sem entrar em detalhes, o vice-presidente projeta voos bem mais altos do que o time “montado para não cair” deste ano, que acabou ficando entre os quatro melhores do estadual.

“Contamos com a influência e o crédito que os diretores agregam ao crédito que o clube voltou a ter neste ano. Se acontecer tudo o que pretendemos, posso afirmar que algo muito bom vem por aí para o Misto”.

Teixeira citou, como exemplo da nova era no “Carcará da Fronteira”, a presença no corpo diretivo – a princípio como conselheiros – dos promotores Antônio Carlos Garcia de Oliveira, o “Totó” (Meio Ambiente) e Fernando Marcelo Peixoto Lanza (Justiça).

Deixe seu Comentário

JORNAL DO POVO

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
7300