Rádios On-line
11338

Seca paralisa Asatrem por mais de 60 dias

Período sem chuvas impediu o treinamento dos pilotos três-lagoenses de motocross

26 SET 2012 - 08h:28Por Arquivo JP

A Associação do Amigos Três-lagoenses de MotoCross (Asatrem) permaneceu sem praticar o motocross durante todo o período em que a cidade ficou sem chuvas (63 dias). Sem poder molhar a pista do complexo Arena Mix, o grupo ficou mais de dois meses sem treinamento. A consequência do tempo parado é sentida na pista. Os pilotos obtiveram resultados ruins em duas competições, pois o rendimento caiu drasticamente.

Qualquer pista seca levanta uma quantidade enorme de poeira quando as motos trafegam, o que impossibilita o treinamento e a realização de competições, sob o risco de causar danos à saúde e acidentes, por diminuir a visibilidade.

Somente no último domingo alguns atletas conseguiram utilizar a pista do Arena Mix. “Foram uns cinco ou seis. Houve um pequeno desentendimento com o pessoal que estava fazendo um campeonato de som, mas acabaram conseguindo dar umas voltas”, explicou Toniel Carlos Fernandes, presidente da Asatrem.

O dirigente lamentou o fraco desempenho das últimas semanas. “Não tem jeito. O tempo de treino no local da competição é de apenas 20 minutos. Não dá para nada. A melhor colocação que conseguimos foi um sétimo lugar. Pilotos que chegavam entre os três melhores ficaram atrás até do décimo colocado”.

Como se não bastasse a fase ruim, as notícias ficaram piores. Caio Garcia e Maikon Limi, pilotos da Asatrem que disputam o estadual da categoria, devem abandonar a competição. “Vai ser muito difícil eles continuarem. Não há a menor condição. Se não estão conseguindo boas colocações em provas menores, imagina no estadual, onde o nível é bem mais forte? Sem treinar é muito complicado”.

CHUVA

Os três-lagoenses estão agradecendo aos céus as chuvas que vem caindo nos últimos dias. “Como não conseguimos nem utilizar a água do Arena Mix e nem um caminhão pipa para nos ajudar, graças a Deus está chovendo. Agora, as piscinas artificiais [reservatórios] estão cheias de novo. Mesmo que estiar novamente, por uns 30 dias ainda teremos água para usar”.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13