Rádios On-line

Técnico do Misto diz que time vai brigar para chegar à final

Faltam 17 dias para o Misto estrear no Campeonato Estadual de Futebol

3 JAN 2013 - 09h:59Por Ana Cristina Santos

Faltam 17 dias para o Misto Esporte Clube de Três Lagoas estrear no Campeonato Estadual de Futebol . A competição terá início no dia 19, mas a equipe do “Carcará da Fronteira” só entrará em campo no dia seguinte, contra a equipe de Maracaju. Segundo o técnico do Misto, João Francisco Marçal, o primeiro objetivo do time para a temporada desse ano, é ficar entre os quatros primeiros colocados e se classificar para a segunda fase do campeonato, para depois criar condições de ir à final.

“Na nossa cabeça não passa outra coisa a não ser chegar à final, porém temos a consciência de que, primeiro precisamos nos classificar entre os quatros, chegar às quartas de final e brigar pela semifinal. Mas, com certeza a população pode esperar uma equipe que vai brigar para chegar à final”, comentou o técnico do Misto, que participou na manhã dessa quinta-feira do programa RCN Notícias da Rádio Cultura FM (106,5 Mhz).

Marçal destacou que não existe a necessidade do time se classificar em primeiro, pois no ano passado a equipe provou que, ficando em quarto lugar na tabela de classificação, foi possível chegar à uma semifinal. Ele disse ainda que a equipe vai trabalhar para chegar novamente a Copa do Brasil, como ocorreu em 2009, quando o time enfrentou a equipe do Corinthians. “Acredito, tenho que acreditar e vamos trabalhar para isso, o que não posso é só ficar acreditando e não trabalhar para isso, porque muitas coisas podem acontecer ao longo do campeonato”, frisou.

EQUIPE

De acordo com o técnico, a equipe está treinando bem e bons nomes foram agregados ao time nesse ano. “Mas, o desempenho da partida é que vai nos dizer. Vamos lutar, pois o nosso objetivo é chegar à final, porque a partir daí é tudo diferente, fica um passinho para tentarmos conseguir o tão sonhado título estadual. A nossa luta será para isso”, acrescentou.

Marçal comentou ainda que a ideia é que, ao longo do campeonato desse ano, o Misto consiga formar uma estrutura forte para 2014. “Esse será o ano do Misto, porque o time terá maturação, manutenção e melhoria da estrutura. Em 2012, por exemplo, tivemos muitos sacrifícios e fomos passando todos eles. Esse ano temos menos sacrifício, mas ainda uma luta árdua, já com algumas facilidades, daí vamos agregando valores, os quais ficarão sólidos em 2014. Aí sim entraríamos como favorito para brigarmos pelo título mesmo. Digo isso, porque já teríamos uma base, o que não ocorreu em 2012 para 2013”, Salientou.

Por esse motivo, segundo o comandante do time, houve a preocupação em trazer jogadores que já haviam atuados juntos. Ele destacou que o plantel desse ano é reduzido, mas com jogadores que têm condições de atuar em duas, ou três funções. Marçal revelou também que a intenção é contratar cerca de oito garotos de Três Lagoas para juntar-se a equipe que já possui 18 jogadores experientes contratados.

ADVERSÁRIO

Quanto ao primeiro adversário do “Carcará da Fronteira”, o Maracaju, Marçal disse que é importante vencer a primeira partida, mas destacou que não existe jogo fácil. “Esperamos sair com um resultado positivo, mas a primeira partida envolve uma série de coisas, como o lado emocional e o agrupamento de jogadores, por exemplo. As três primeiras partidas será o termômetro da competição”, ressaltou.

Para o técnico, a chave da qual o Misto faz parte é bem complicada, pois alguns times vêm com um investimento maior, como é o caso do Comercial e do Cene. O Naviraí e Águia Negra também, de acordo com o professor, são equipes fortes. “É uma chave complicada, mas temos grandes possibilidades de classificar entre os quatro, depois é outra história”, frisou.

AMISTOSO
Marçal informou que a equipe deve participar de dois amistosos antes do início da competição. “O tempo é curto, por isso vamos adotar a mesma estratégia utilizada no ano passado, quando o Misto enfrentou as equipes amadoras de Três Lagoas. A equipe deve jogar também contra um clube de Andradina e, um possível amistoso deve ser marcado para o dia 12, contra o Mirassol. Poderemos observar melhor os jogadores. O pessoal queria fazer amistosos com as equipes do Estado, mas já existe uma rivalidade, a qual é melhor deixa- lá para o campeonato”, salientou Marçal.


Deixe seu Comentário

TVC Canal 13