Rádios On-line
A POLêMICA DO BATIZADO

Padre mantém silencio após polêmica de batizado por imersão

Segundo o padre, o método é usado por muitos padres e diante das críticas é preciso perdoar os ignorantes

13 FEV 2017 - 17h:20Por Talita Matsushita

O padre Geraldo Lucimar Alves de Paula (Cici), pároco em São Sebastião do Pontal- MG, distrito vizinho a Paranaíba, decidiu manter silencio após um vídeo em que ele aparece realizando um batizado por imersão.

O vídeo viralizou na internet na última semana e até agora computa mais de 16 milhões de visualizações. Muitas críticas foram feitas ao padre pois o método de batizado por imersão é quando a criança é mergulhada na pia batismal. Uma prática não muito utilizada pela igreja.

O pároco disse a reportagem do JP News por telefone que no momento só tem a agradecer aos paranaibenses que saíram em sua defesa. Segundo ele, foram mais de seis mil comentários a seu favor na internet. O vídeo do padre ganhou destaque nas redes sociais após o artista Sérgio Malandro compartilhar a gravação em sua página.

Segundo o padre, o método de batismopor imersão, é usado por muitos religiosos e diante das críticas é preciso perdoar os ignorantes. “Sou padre e se não perdoar, deixo de praticar o que Jesus ensinou”, disse. O religioso ainda disse que não pretende acionar judicialmente as pessoas que o ofenderam.

Deixe seu Comentário