Rádios On-line
8351
Prefeitura Semana do Trânsito
SAúDE

Conhecendo mais sobre uma boa dieta

A essência da endocrinologia na orientação ao paciente: dietas e multidisciplinaridade são o carro-chefe nos cuidados à saúde

12 SET 2017 - 17h:21Por Redação

Você certamente já ouviu falar em multidisciplinaridade e dietas, não é? Já viu pessoas que se decepcionaram com algum método de emagrecimento? E o famoso “efeito sanfona”? Por falta de conhecimento, as pessoas acabam fazendo dietas e, depois de algum tempo, recuperam o peso que perderam. A endocrinologista Helena Nicolielo falou com a reportagem sobre esses aspectos, esclareceu e explicou o que é preciso fazer para perder peso ou ganhar massa muscular de maneiras corretas.
Helena é médica formada pela Faculdade de Medicina de Marília (SP), especializada em endocrinologia e metabologia pela USP (Universidade de São Paulo). Também é professora de medicina da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, campus de Três Lagoas, e ainda atua nas áreas de doenças hormonais, tireoide, diabetes, emagrecimento, nutrição esportiva e prevenção de doenças relacionadas ao envelhecimento. 
“Se eu pudesse definir a endocrinologia em três palavras, seriam: equilíbrio, amor e estudo – muito estudo”, ressalta.

Revista SE7E – Quais são as dietas para emagrecimento mais indicadas e como funcionam na prática?

Helena – As dietas para emagrecimento devem ser elaboradas de uma forma personalizada. Para cada pessoa existe uma opção, dependendo dos hábitos alimentares, do que a pessoa gosta de comer e dos seus horários. Outro ponto importante é personalizar a dieta ao tipo de atividade física praticada, com cálculo de carboidratos pré-treino e cálculo de proteína por quilo de peso. As dietas são temporárias e com manutenções, até o paciente chegar próximo ao peso desejado. A dieta prolongada é a reeducação alimentar, que deve se tornar um estilo de vida para o paciente. Na fase rápida de emagrecimento, costumo trabalhar com a dieta cetogênica ou low carb, que tem baixo teor calórico, a dieta hipocalórica, com alto teor de vegetais, com receitas detox e a dieta baseada em grupos alimentares.
E as dietas para ganho de massa? Quais são e como atuam no corpo?
Para ganhar massa muscular é importante dar carboidrato para o músculo antes do treino e ter uma ingestão adequada de proteínas durante o dia. Se o paciente não ingerir a quantidade suficiente de proteínas, não haverá aumento da massa muscular. E, muitas vezes, recorremos, também, aos suplementos proteicos.

Como funciona o tratamento multidisciplinar? E as dietas dentro desse tratamento? 

O tratamento multidisciplinar é fundamental. No consultório, trabalho com a nutricionista Renata Petruci Flumian, que é brilhante! Traçamos, através do perfil do paciente, o melhor cardápio individualizado. E, nos retornos, vamos readaptando a dieta de acordo com a progressão e necessidade do paciente. Muitas vezes, para a perda de peso, precisamos também de um acompanhamento psicológico. Quando analisamos o histórico do paciente, percebemos que o motivo que o levou a comer mais foi algum distúrbio de ansiedade ou depressão.


A dieta é a principal regra dentro da multidisciplinaridade? E qual o grau de importância das dietas dentro da endocrinologia?

Não só a dieta, mas sim a reeducação alimentar. Ela é a base do emagrecimento, de uma vida saudável e da prevenção de todas as doenças. Sempre digo que somos o que comemos. Nossa saúde reflete a qualidade da nossa alimentação nos últimos anos, e isso começa desde a infância. Não tem problema comer bolo em uma festa de aniversário se na rotina você tem uma alimentação saudável.
Há casos em que só a dieta rigorosa já resolve o problema do paciente?
Uma dieta rigorosa resolve grande parte dos problemas, mas a atividade física sempre deve estar presente. Assim digo que a junção da alimentação, atividade física e orientação resolvem e previnem quase todos os problemas de saúde relacionados ao excesso peso, como diabetes, elevação do colesterol e até mesmo problemas osteoarticulares.

Qual é a essência da endocrinologia?

A essência da endocrinologia é entender o indivíduo como um todo, por isso escolhi essa especialidade. Na endocrinologia tenho que entender de todas as áreas médicas. Os hormônios estão presentes em todas as funções vitais e o mais interessante é que os sentimentos e pensamentos podem influenciar na liberação hormonal. Por isso é necessário saber como anda a vida emocional do paciente, senão o tratamento estará incompleto.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
Dá Negócio
6651