Rádios On-line
7919
CABELOS

Hidratar, nutrir, reconstruir: entenda como funciona o cronograma capilar

A rotina com máscaras para cabelos pode ser feita em casa para recuperar e manter bonitos os fios.

31 OUT 2018 - 07h:49Por Redação

Cabelos danificados – pelo sol ou por química, por exemplo – precisam de cuidados extras para recuperarem a saúde e a beleza. E uma das melhores estratégias para conseguir isso é seguindo um cronograma capilar, cujas etapas são nutrição, hidratação e reconstrução.

Só que, diferentemente do que muitos pensam, o cronograma capilar não é uma receita de bolo, em que cada pessoa deva fazer as etapas na mesma ordem. “É tudo muito personalizado. Nos baseamos no tipo de cabelo e na necessidade dele para montar o cronograma, e isso significa que nem sempre é preciso realizar as três etapas”, explica Marcela Buchaim, farmacêutica bioquímica e empresária responsável pelo Studio Tez.

A seguir, com a ajuda de Marcela e da cabeleireira Vanessa Wolf, vamos explicar cada etapa, quem deve fazê-la e dar dicas de que princípios ativos procurar nos rótulos dos produtos para o cronograma capilar.

Nutrição no cronograma capilar

Para que serve: Para devolver a camada lipídica que foi retirada dos fios pela química ou pela desidratação profunda.

Quem deve fazer: Quem está com os cabelos sem brilho, opacos e sem movimento.

Quem não precisa fazer: Quem está com os cabelos apenas ressecados.

Princípios ativos bons para nutrição dos cabelos: Máscaras com óleos de girassol, de paracaxaté e de calêndula.

Dicas extras: Lavar os cabelos, tirar a umidade excessiva e aplicar a máscara. Deixar por 15-20 minutos e enxaguar. Pode misturar algumas gotas de azeite de oliva à máscara de nutrição para potencializar a alimentação dos fios.

Hidratação no cronograma capilar

Para que serve: Para a manutenção dos cabelos ressecados que não estejam danificados; a ideia é manter a hidratação natural do fio.

Quem deve fazer: Quem fica com os cabelos expostos ao sol ou a ventos muito intensos, por exemplo, sem proteção para os fios.

Quem não precisa fazer: Quem consegue manter os cabelos a salvo das agressões externas que roubam a hidratação dos fios (normalmente, por mantê-los presos).

Princípios ativos bons para hidratação dos cabelos: Máscaras com glicerol, dexpantenol e ácido hialurônico, que consegue absorver água para os fios.

Dicas extras: Lavar os cabelos, tirar a umidade excessiva e aplicar a máscara. Deixar por 15-20 minutos e enxaguar. Pode misturar algumas gotas de vinagre de maçã à máscara hidratante para potencializar o brilho.

Reconstrução no cronograma capilar

Para que serve: Para recuperar a massa capilar perdida em procedimentos com química.

Quem deve fazer: Quem faz reflexos e usa tintura nos cabelos com frequência

Quem não precisa fazer: Quem tem os cabelos virgens.

Princípios ativos bons para reconstrução dos cabelos:  Máscaras com aminoácidos, sais minerais e queratina

Dicas extras: Usar muito pouca queratina caso opte por misturar aquelas que vêm em ampolas à sua máscara; usada em demasia, ela enrijece os fios e acaba tendo o efeito inverso, quebrando-os.

Qual é a ordem dos procedimentos no cronograma capilar?

Para começar: sempre é necessário dar uma semana de descanso para os cabelos entre uma aplicação e outra dos produtos. A ordem, via de regra, é nutrição, hidratação e reconstrução.

Quem só tem os fios ressecados pode fazer apenas a hidratação seguidamente.

Donas de cabelos com muita química se dão bem com o cronograma completo.

Existem muitas outras necessidades e peculiaridades para a montagem de seu cronograma capilar. Na dúvida, pergunte para o/a cabeleireiro/a sobre como é possível personalizar um para você.

(mdemulher)

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13

Ver Todos os Programas da TVC
JORNAL DO POVO
JORNAL DO POVO
7300