Rádios On-line
MOTORS

Não mudou muita coisa, só mudou uma coisa. Tudo!

2017 acabou e os apaixonados por carros já devem estar de olho nos lançamentos de 2018. Mas um em especial, merece toda atenção. o novo BMW X3.

9 JAN 2018 - 08h:08Por Leandro Elias

O ano está acabando. Os apaixonados por carros já devem estar de olho nos próximos lançamentos e não faltarão novidades em 2018. Uma, em especial, merece toda atenção: o novo BMW X3 sempre esteve escondido atrás de seus irmãos, o X1 e o X5, mas, agora o jogo virou e o novo modelo da marca sai na frente ainda mais moderno e tecnológico.   Enquanto uns dizem que o modelo não mudou nada, o novo X3 chega cheio de revoluções estilísticas, conjuntos mecânicos mais eficientes e um sistema de condução semiautônoma. O modelo teve seu debut no Salão de Frankfurt e está em sua terceira geração. O lançamento oficial está confirmado para o primeiro semestre de 2018 no Brasil. 

Os arcos de led que circulam os canhões de luz estão bem mais angulosos que na versão anterior. Ainda falando dos conjuntos ópticos, o X3 é um dos primeiros SUVs da marca a adotar luzes horizontais no para-choque. Projetado para quem busca luxo e desempenho, o modelo é, com certeza, um dos grandes lançamentos do ano. Tudo isso junto a um design irreverente e ultramoderno.Na parte de trás, o modelo tem grandes lanternas em formato irregular e iluminação totalmente em leds, com um efeito tridimensional que acrescenta charme. Ainda tem ar esportivo, com aerofólio inclinado e rodas que podem variar entre 18 e 21 polegadas, de acordo com a versão escolhida. 

A linha SUV é feita para aqueles que buscam carros mais robustos e imponentes, e isso o X3 tem de sobra. Ao contrário da versão anterior, a nova aposta da BMW chega um pouco maior que seu antecessor. São 4,72 m de comprimento contra os 4,65 m do modelo antigo. Na largura, a diferença também é pouca, de 1,88 m para 1,90 m. Em relação à atura, o modelo teve um ganho de 2 cm, para 1,68 m. A medida entre eixos que antes era de 2,86 m, ganha agora 5 cm. No interior, o painel repete o desenho dos demais modelos da marca, com quadro de instrumentos simples (apesar de digital na versão mais cara).

O modelo possui uma central multimídia com tela destacada, além de teto panorâmico e bancos traseiros partidos na proporção 40:20:40. Na Europa, o veículo tem três opções de acabamento: xLine, M Sport e Luxury Line. O que não falta na terceira geração do X3 é tecnologia. Além de itens tradicionais, como ar-condicionado de três zonas, head up display e bancos ventilados, o modelo adota a mesma chave da Série 7, que chega com uma tela que permite visualizar diversas informações e efetuar comandos do veículo remotamente. Equipado com sistema BMW ConnectedDrive, o X3 oferece ao motorista o que há de mais moderno para navegação graças à conexão digital entre o carro e seu dono, por meio de smartphones ou smartwatches, integrando-se totalmente ao cotidiano.

Para fechar com chave de ouro todo esse pacote tecnológico, o modelo carrega também a tecnologia BMW Personal CoPilot, um sistema inteligente que mantém o carro na faixa de rolamento, além de um assistente para mudanças involuntárias de faixa, dando assim uma experiência semiautônoma a seu condutor. Para os apaixonados por carros, o novo X3 é uma verdadeira caixinha de supressas que une design e bom desempenho. Vale lembrar também que o modelo chega até 55 kg mais leve em relação ao anterior. Quando o assunto é motor, o fabricante adianta que inicialmente apenas na Europa o X3 chegará com opções a diesel (190 e 262 cv) e a gasolina (184 e 252 cv), com destaque para a versão M40i, que leva um 3.0 de seis cilindros com 360 cv e 51 mkgf.  No Brasil, o modelo já está em pré-venda e deve chegar no primeiro semestre de 2018. 

Deixe seu Comentário