Rádios On-line
9248
LITERATURA

O livro "As Cinco Esposas de Nathan" é a história surpreende

Uma aventura que transcende o tempo, o espaço e as convenções sociais

8 OUT 2019 - 09h:44Por Redação

Sabe aqueles livros que você lê sem parar e no final quer mais? Assim é a obra As Cinco Esposas de Nathan – As Guardiãs da História, escrita pelo paulistano Clovis Nicacio e lançada pela Editora Casa do Escritor. Para todos os gostos, a narrativa contém fantasia, ficção científica, ação, alienígenas, viagens no tempo, romance, quebra de tabus e, é claro, mulheres muito empoderadas.

O livro conta a história de Nathan, homem comum e sem grandes pretensões que teve uma das pernas amputada quando criança. Uma lesão no local da prótese o leva a um pronto-socorro em São Paulo e ele é atendido por uma estranha médica militar com técnicas futuristas. Mais do que aliviar sua dor, a doutora Sigma Um, lhe dá saúde eterna, insinua que será sua esposa e marca um novo encontro para daqui a… 78 anos.

As Cinco Esposas de Nathan – As Guardiãs da História é uma narrativa de personagens fortes. E a resistência de Nathan choca a todos. Ele consegue entrar em uma organização que protege o segredo da existência de extraterrestres para não causar pânico aos terráqueos.

O personagem entra para a ONU, como Sigma havia dito que aconteceria, e a encontra no ano marcado de 2093. Descobre o nome da médica: Anne. É quando  conhece Yvetha, uma extraterrestre azul com quatro braços, extremamente doce e sensível. Sue e Shae surgem em 2150. Por último, Bia, uma jovem sueca loiríssima. Todas as esposas de Nathan são  militares e mulheres especiais. Cada uma exerce sua força para ajudá-lo a se manter vivo por quase três séculos. Juntos, os seis vivem um casamento poligâmico, onde não há competições nem preferências.

Clovis Nicacio é um escritor experimentado e lançou seu primeiro livro em 2013, sobre Alana, a vampira curada que mudou o mundo. Desde então, a Terra ficou pequena para o autor, e suas histórias transcenderam o planeta. Vieram clones, extraterrestres, entidades providas de inteligência artificial e viagens no tempo. Em todas as obras, há sempre mulheres fortes e empoderadas. Dedicando-se durante quase metade de sua vida à tecnologia da informação, Clovis acredita ter aprendido que só o que não se torna obsoleto é a necessidade de pensar, materializada na literatura.

Sinopse do livro: Quer conhecer mulheres empoderadas? Tem cinco militares ativas que mandam e desmandam, e ainda conseguem tempo para amar, chorar e sorrir. Quer fantasia? Tem um reino feudal, onde o Rei envia a Princesa herdeira para uma colônia no espaço distante. Quer ficção científica? Temos naves invisíveis voando no hiperespaço mais rápidas que a luz, armadas com canhões desintegradores, pistolas sônicas, interferótipos e envelopadas por neutrinos. Quer mais ciência? Entenda paradoxos temporais criados apenas porque sabemos deles. Quer tabus? Saiba como é um casamento poligâmico entre seis pessoas onde não existe preferências nem competição. Ou como a fé faz milagres quando tudo está perdido. Quer ação? Tem fuzileiros se caçando e se matando em florestas, terroristas combatidos em terra, no ar e no espaço, perseguição e bloqueios por esquadras espaciais, acrescentado de traições e disputas sanguinárias. Quer alienígenas? Está cheio de lagartanos, reptilianos, kerns, transmorfos, tarântulos, espectros e outras espécies, amigos e inimigos. De todas as cores, tamanhos, docilidade e ferocidade. Quer romance? Descubra como a deusa manipula todos para se alimentar de amor, desde a pré-história. E isso é só o primeiro volume. Ainda vem muito mais por aí.

Sobre o autor: Clovis Nicacio lançou o primeiro livro em 2013, apenas para provar que vampiros não é um tema morto. Alana, a vampira curada mudou o mundo. Várias personagens se destacaram naquele mundo novo e ganharam aventuras próprias. A Terra ficou pequena. Então surgiu um Recruta espacial sem nome, vítima de preconceito, para quem tudo termina bem, seja pela capacidade dele ou por forças provenientes do cosmo. Vieram os clones, as entidades providas de Inteligência Artificial, as viagens no tempo e as cortinas de neutrinos. Isso até agora, pois o futuro continua mandando mensagens.

Desenvolver tudo isso só foi possível graças a mais de meia vida aprendendo a pensar, estudar, ler e escrever relatórios, trabalhando com TI para uma Multinacional.  Aprendeu que Tecnologia passa e se torna obsoleta, mas a necessidade de pensar e aprender são eternas. É hora de usar a experiência adquirida em algo útil e perene: Literatura. O futuro já foi ficção, no presente é possibilidade e amanhã será passado.

Deixe seu Comentário

TVC Canal 13